Tcc de direito

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 2 (334 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 5 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Eu iria ao escritório desta advogada. Quando ela perguntasse, "qual é o seu problema?", eu poria minha pirocona rija como mármore para fora e diria:

- Doutora, eu tenho este processoaqui. O que você pode fazer por mim?

Ela olha, sorri com aquele sorriso safado, morde o lábio inferior e responde:

- Bem... Vou ter que estudar este caso, é muita coisa para mim,acho que vamos levar a noite inteira. Mas já te aviso: quando eu pego um caso, eu pego pra valer, hein? Não desgrudo dele até receber minha comissão, e eu gosto de receber em líquido!

-Doutora, eu conto com a senhora.

- Então, a sessão está aberta.

Ela pula em cima da mesa, tira o vestido negro e azul, e suas majestosas tetas com seus mamilos tesos apontando para océu balançam como se fossem dois balões cheios de leite. Se joga como uma leoa no pescoço de um antílope em cima da minha anaconda, e começa a chupá-la como se eu fosse o Macaulay Culkin, eela o Michael Jackson.

Após uma meia hora de chupada quase-gozada, ela rapidamente arria a calcinha preta de renda, fica de costas, abre a bundona e diz:

- Meritíssimo, qual aminha pena?

- 50 anos de pica na bunda, sua cadela!

Agora coloco minha jiromba no furico apertado dela. Ela dá um gritinho, "Aiiiiinnn seu juiz, esta pena é muito longa, exijo um acordoentre as partes!"

- Claro! Ambas as partes receberão sua justa parte!

E começo a meter alternando entre o cu e a boceta quente como um vulcão. Ela rebola na minha pica a cadametida, como se estivesse tomando choques. Dedilho seu grelo escorregadio com seu próprio mel, ela goza como uma crioula louca na senzala, senta no chão com meu pau na mão e começa a chupá-loaté que eu goze na cara safada dela. Ela bebe toda a mistura entre minha porra e o melzinho dela que cobre minhas bolas.

E diz:

- Meritíssimo, recesso?

- 20 minutos, doutora.
tracking img