TCC de Biologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1386 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de dezembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
ASSOCIAÇÃO EDUCACIONAL PROFESSORA NORONHA
3° ANO DO ENSINO MÉDIO






TEORIAS EVOLUCIONISTAS





Byanka Carolyne Orny Paz Lima










Dom Pedro - MA
2014
Byanka Carolyne Orny Paz Lima






Teorias Evolucionistas

Projeto de Trabalho de Conclusão de Curso apresentado na Associação Educacional Professora Noronha como requisito básico para a conclusão doEnsino Médio.
Orientador (a): Márcio Roney











Dom Pedro
2014

SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO- TEORIAS EVOLUCIONISTAS........................................04
1.1 Teoria de Lamarck.........................................................................................04
1.2 Teoria deDarwin...........................................................................................04
1.3 Teoria Moderna da Evolução........................................................................05

2. OBJETIVOS......................................................................................................07
2.1Geral...............................................................................................................07
2.2Específicos.....................................................................................................07

3. REFERÊNCIAS.................................................................................................08



















1. INTRODUÇÃO – TEORIAS EVOLUCIONISTAS
1.1 Teoria de Lamarck

Lamarck defendia a evolução como causa da variabilidade, mas admitia a geração espontânea das formasmais simples. Observando os seres vivos à sua volta, Lamarck considerava que, por exemplo, o desenvolvimento da membrana interdigital de alguns vertebrados aquáticos era devida ao esforço que estes faziam para se deslocar na água. Assim, as alterações dos indivíduos de uma dada espécie eram explicadas por uma ação do meio, pois os organismos, passando a viver em condições diferentes iriam sofreralterações das suas características.
Lamarck afirmava que ao fazerem força para alcançar alimento em árvores altas, as girafas esticavam seu pescoço e com o tempo os pescoços ficavam mais compridos. Essa característica é passada às gerações seguintes, que nascem gradativamente com o pescoço mais comprido. Atualmente, essa ideia de Lamarck é rejeitada.
A lei da transformação das espécies consideraque o ambiente afeta a forma e a organização dos animais, de tal modo que quando o ambiente se altera, no decorrer do tempo, produz modificações correspondentes na forma do animal. Essa lei utiliza o princípio do uso e desuso, considerando que o uso de um dado órgão leva ao seu desenvolvimento e o desuso conduz a sua atrofia e, eventual, desaparecimento. Todas estas modificações seriam depoistransmitidas às gerações seguintes – lei da transmissão dos caracteres adquiridos. Assim, os filhos de um homem moreno pela exposição ao sol nasceriam com a pele mais escura; o filho de um atleta com músculos desenvolvidos adquiriria, por sua vez, melhor estrutura muscular.
Sobre a teoria da transmissão dos caracteres adquiridos, Lamarck estava errado. De fato, o ambiente provoca mudanças defenótipo nos organismos, porém foi comprovado experimentalmente que as mudanças adquiridas não passam à prole.

1.2 Teoria de Darwin

Charles Robert Darwin, em 1831, foi convidado a participar como naturalista de uma volta de navio ao mundo promovida pela marinha inglesa. A viagem de Darwin, que durou cinco anos, aumentou os conhecimentos práticos do naturalista e serviu para fundamentar sua teoriada evolução.

Consciente das implicações de suas ideias sobre a tese da imutabilidade das espécies, a qual estava diretamente relacionada a preceitos religiosos, Darwin fez um estudo minucioso durante mais de vinte anos, para provar a transformação dos seres vivos. Em 1858, recebeu uma carta de Alfred Russel Wallace, um jovem naturalista na época, solicitando sua avaliação sobre o esboço de...