TCC Biologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1054 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de novembro de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
ESCOLA ESTADUAL PROFª CYNIRA PIRES DO SANTOS

ALESSANDRA FERREIRA CARLI






PRÉ-TCC: MONOGRAFIA I
DOENÇA DE WHIPPLE










SÃO BERNARDO DO CAMPO
2013
ESCOLA ESTADUAL PROFª CYNIRA PIRES DO SANTOS

ALESSANDRA FERREIRA CARLI




PRÉ-TCC: MONIGRAFIA I
DOENÇA DE WHIPPLE

Trabalho quecorresponde a nota
parcial do terceiro bimestre da
disciplina Biologia.









SÃO BERNARDO DO CAMPO
2013
DEDICATÓRIA
Eu dedico este trabalhoa todos meus professores, já que, a intenção foi melhorar meu entendimento para desafios maiores.





















AGRADECIMENTOS
Agradeço a Escola Estadual Cynira Pires dos Santos por proporcionar o melhor entendimento possível.






























“Apesar dos nossos defeitos, precisamos enxergar que somos pérolas únicas noteatro da vida e entender que não existem pessoas de sucesso e pessoas fracassadas. O que existem são pessoas que lutam pelos seus sonhos ou desistem deles”.
(Augusto Cury)

.














RESUMO
A doença de Whipple é uma rara doença infecciosa e sistêmica causada pela bactéria Tropheryma Whipplei. A doença causa principalmente má absorção, mas pode afetar qualquer parte docorpo inclusive articulações, o coração, pulmões, cérebro e olhos. Perda de peso, diarreia, dores articulares e artrites são sintomas comuns, mas a apresentação pode ser altamente variável sendo que aproximadamente 15 % dos pacientes não tem esses sinais clássicos e sintomas. O diagnóstico é feito por uma biópsia do intestino delgado.

















Palavras-chaves: whipple,Thopheryma whipplei, diagnóstico, sintomas.
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO 7

CAPÍTULO 1: A Bactéria Tropheryma Whipplei 7
CAPÍTULO 2: Descrição de Whipple.8
2.1: Sintomas 8
2.2: Sinais 8
2.3:Tratamentos 8
2.4: Diagnóstico 9
CONCLUSÃO9
REFERÊNCIAS 10















Introdução

A doença de Whipple é uma doença rara, multissistêmica, com várias manifestações clínicas possíveis, embora as mais frequentes sejam as de uma síndrome de má absorção,com dor abdominal e diarreia, já que o intestino delgado é a região mais frequentemente afetada. A etiopatogenia da doença ainda não está completamente esclarecida e a cultura do bacilo Tropheryma whippelii só foi possível muito recentemente, ainda não estando disponíveis testes sorológicos que possam com segurança afirmar o diagnóstico. Este continua a ser baseado em aspectos histológicos,...