Tcc - alvenaria estrutural

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 23 (5741 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 20 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
CETEF – Centro Técnico Fluminense


CURSO DE EDIFICAÇÃO


















ALVENARIA ESTRUTURAL


















Alunos:


André Luiz Rodrigues da Silva, Humberto da Cunha Ribeiro, Moreno Cravo,


Silvio Cesar Valentim, Thiago, Wanderley


















Rio de Janeiro


2011


CETEF – Centro Técnico FluminenseCURSO DE EDIFICAÇÃO










PROCESSO CONSTRUTUTIVO EM ALVENARIA ESTRUTURAL.






Projeto Final apresentado ao CETEF Curso Técnico Fluminense, para obtenção do grau de Técnico em Edificações.










Orientadora: Prof.ª. Cristiane Magalhães


Aluno:






Silvio Cesar ValentimRio de Janeiro


2011


FOLHA DE APROVAÇÃO


PROCESSO CONSTRUTUTIVO EM ALVENARIA ESTRUTURAL.






Silvio Cesar Valentim,






Projeto Final apresentado ao corpo docente do CETEF – Centro Técnico Fluminense, como parte dos requisitos necessários à obtenção do grau de Técnico em Edificações.






Banca ExaminadoraProf.ª. Cristiane Magalhães (Orientadora)


Prof.:______________________________________________________


Prof.:______________________________________________________






Conceito:...............


Conceito:...............


Grau obtido:..........






Rio de Janeiro,........de........................................de 2011


SUMÁRIO

SUMÁRIO 1AGRADECIMENTOS 4

RESUMO 5

1 - INTRODUÇÃO 6

OBJETIVO 7

2 - PROJETOS 8

2.1 - PROJETO ARQUITETÔNICO 8

2.1.1 - Fundamentos do projeto arquitetônico: 8

2.1.2 - Roteiro para Projeto Arquitetônico 9

2.2 - PROJETO ESTRUTURAL 10

2.3 - PROJETO EXECUTIVO. 11

2.3.1 - Recomendações para projetos executivos 12

2.3.2 - Paginações: 12

2.3.3 - DetalhesConstrutivos 12

2.3.4 - Recomendações 12

2.3.5 - Cuidados construtivos importantes para garantia do desempenho estrutural projetado, tais como: 13

2.4 - PROJETO HIDRÁULICO 13

2.5 - PROJETO ELÉTRICO 15

3.-.PLANEJAMENTO 15

3.1 - Coordenação de projetos 15

3.2 - Coordenações modular 16

3.3 - Como fazer a modulação: 16

4 – VANTAGENS E DESVANTAGENS 18

5 –FAMILIA DOS BLOCOS 20

6 - ARGAMASSA 23

6.1 - Propriedades Mais Importantes para a Argamassa 23

6.2 - Materiais constituintes da argamassa 24

6.3 - Tipos de argamassas 25

6.4 - Funções : 26

6.5 - Propriedades: 26

7 - GRAUTE 27

7.1 - Funções : 27

7.2 Propriedades: 27

8 - JUNTAS DE DILATAÇÃO E DE CONTROLE 28

8.2 - Situações que exigem juntas de controle28

9 – PROCESSO CONSTRUTIVO 28

9.1 - Marcação da alvenaria 28

Figura ilustrativa. 29

9.2 - Assentamento dos blocos: 29

9.3 - Portas e janelas 30

9.4 - Instalações 31

9.4.1 Recomendações 32

10 - ARMADURAS 32

11 - LAJES 33

12 - ESCADAS 35

12.1 - Escada pré-moldada tipo “jacaré” 35

12.2 - Escada de concreto Armado moldada in loco 35

12.3 -Escada pré-moldada de concreto 35

13 – EQUIPAMENTOS E FERRAMENTAS 36

13.1 - Escantilhão 36

13.3 - Esticador de linha 36

13.4 - Suporte de masseira 37

13.5 - Carrinho porta masseiras 38

13.6 - Cavalete 38

13.7 - Transportador de pallets 38

13.8 - Carrinho de blocos 39

13.9 - Palheta 39

13.10 - Meia−cana 39

13.11 - Frisador de junta 40

13.12- Nível de prumo 40

13.13 - Colher de pedreiro 40

13.14 - Martelo com unha 41

13.15 - Nível alemão ou Laser 41

13.16 - Régua para medição a laser 41

13.17 - Régua com bolha 42

13.18 - Bisnaga 42

13.19 - Nível de linha 42

14 – REFERÊNCIAS BIOGRÁFICAS: 43




























AGRADECIMENTOS...
tracking img