Tca ete

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 66 (16390 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
CENTRO FEDERAL DE EDUCAÇÃO TECNOLÓGICA DE SANTA CATARINA GERÊNCIA EDUCACIONAL DE ELETRÔNICA

Eletrônica de Potência
PROF. MARCO VALÉRIO MIORIM VILLAÇA PROF. PAULO RICARDO TELLES RANGEL

PRIMEIRA EDIÇÃO FLORIANÓPOLIS – SETEMBRO, 1996.

Eletrônica de Potência - Gerência de Eletrônica - ETFSC

2

Nenhuma parte desta apostila poderá ser reproduzida ou transmitida por qualquer modo ou porqualquer meio, seja este eletrônico, mecânico, de fotocópia, de gravação, ou outros, sem prévia autorização, por escrito, da Gerência Educacional de Eletrônica da Escola Técnica Federal de Santa Catarina.

Introdução à Eletrônica de Potência

3

SUMÁRIO

Capítulo 1: Introdução à Eletrônica de Potência Capítulo 2: Retificadores Capítulo 3: Gradadores Capítulo 4: Comutação Capítulo 5:Circuitos de Comando Capítulo 6: Inversores Capítulo 7: Conversores CC-CC

Eletrônica de Potência - Gerência de Eletrônica - ETFSC

4

1 Introdução à Eletrônica de Potência

1.1 - O que é Eletrônica de Potência?

Para controlar o fluxo de energia elétrica entre dois ou mais sistemas elétricos distintos, foram desenvolvidos, ao longo dos anos, métodos para o tratamento de grandes potências.Uma revisão histórica da Eletrônica de Potência, como mostra a tabela 1.1, revela os acontecimentos mais significativos no desenvolvimento da tecnologia da Eletrônica de Potência.

TABELA 1.1 Eventos históricos mais importantes da Eletrônica de Potência. ANO 1940 1957 1978 1980 1982 1988 EVENTO TECNOLÓGICO Surge o transistor Desenvolvimento do SCR (600V/35A) Tecnologia FET (100V/25A) Surge o GTO(2500V/1000A) Aparece o IGBT (400V/20A) Advento do MCT (600V/50A)

Todos os dispositivos citados acima são interruptores eletrônicos controlados. Portanto, um princípio básico para o controle da energia elétrica é o emprego dos dispositivos interruptores.

Introdução à Eletrônica de Potência

5

Com o aparecimento destes interruptores eletrônicos de alto rendimento, ótima confiabilidade emuito compactos, surgiu a Eletrônica de Potência, hoje uma ciência em expansão.

Eletrônica de Potência é uma ciência aplicada, dedicada ao estudo dos conversores estáticos de energia elétrica.

Os conversores estáticos são sistemas constituídos de elementos passivos, como resistores, capacitores e indutores, e elementos ativos, tais como diodos, tiristores, transistores, GTOs , entre outros,associados de acordo com as necessidades preestabelecidas. Eles realizam o tratamento eletrônico de energia, controlando o fluxo da energia elétrica entre sistemas distintos.

1.2 - Principais funções dos conversores estáticos

A figura 1.1 mostra as principais funções realizadas pelos conversores estáticos.

CC
Retificador E1

CA

v1, f

1

Conversor CC

Conversor Indireto deFreqüência

Conversor Direto de Freqüência

Inversor E2 Conversor CC Isolado v2, f2

Fig. 1.1 - Principais funções dos conversores estáticos.

Eletrônica de Potência - Gerência de Eletrônica - ETFSC

6

1.3 - Aplicações da Eletrônica de Potência e suas perspectivas

As principais aplicações da Eletrônica de Potência, na atualidade são: ⇒ Fontes de Alimentação Chaveadas paracomputadores pessoais, estações de trabalho, equipamentos de telecomunicações, instrumentos médicos, equipamentos para controle de processos, equipamentos militares/aeroespaciais, etc. ⇒ Inversores para controle industrial de velocidade variável para motores (1 HP a 10.000 HP); ⇒ Sistemas de Alimentação Ininterrupta; ⇒ Controle de propulsão para locomotivas elétricas empregando GTOs; ⇒ Indústria automotiva.Para o próximo século, as perspectivas de aplicação são: ⇒ Veículos elétricos para passageiros; ⇒ Compensação de Harmônicos e de Fator de Potência; ⇒ Controle de velocidade ajustável de motores CA para processos industriais e conforto térmico residencial; ⇒ Inversores para suprir pico de carga, empregando a energia armazenada por baterias.

1.3.1 - Veículos elétricos para passageiros:...
tracking img