Taylor e ford

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1175 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Taylorismo e Fordismo

Taylorismo e Fordismo são formas de organização da produção industrial que revolucionaram o trabalho fabril durante o século XX. Esses dois sistemas usavam a maximização da produção e do lucro.
1- Taylor e o movimento da Administração Científica aconteceu em Midvale.
Frederick Winslow Taylor (1856 – 1915)- Engenheiro mecânico desenvolveu um conjunto de métodos queficou conhecido como Taylorismo. Durante os seus trabalhos de pesquisa observava que havia um corpo mole da administração e a relação com os funcionários e gerentes era de má qualidade. Diante dos problemas podemos citar:
- Trabalhadores sem responsabilidades na Administração.
- Trabalhadores sem incentivo.
- Decisões dos administradores baseado em palpites.
- Conflitos entre operários.
Apartir daí começou a desenvolver seu sistema de administração de tarefas, mais tarde conhecido como Taylor, Taylorismo e finalmente administração científica.

2- Início do movimento da Administração científica é dividido em três fases:
1º: Salário, definição de tempo padrão e administração de tarefas.
2ª: Aplicação de escoro da tarefa para a administração, definição de princípios deadministração do trabalho.
3ª: Consolidação dos princípios, divisão da autoridade e responsabilidade dentro da empresa. Distinção entre técnicas e princípios.
2.1- O problema dos salários:
Os trabalhadores acreditavam que seu esforço beneficiava somente o patrão, por isso não se emprenhavam para o trabalho, a forma de pagamento fazia com eles acreditassem nisso.
Para resolver, Taylorachava que se cronometrasse o tempo máximo do trabalho e medisse espaço que o homem necessitava para executar a tarefa, pouparia tempo e subiria a produção e o lucro da empresa. Esse sistema foi a base do começo da administração de tarefas.

2.2- O plano de Taylor:

Em 1895, Taylor apresentou à sociedade o que é considerado o primeiro trabalho de administração científica (um sistema depagamento por peça). Consistia em dividir cada tarefa em seus elementos básicos e com a colaboração dos trabalhadores cronometra e registrava. Em seguida eram definidos tempos padrão para elementos básicos. A principal razão deste estudo dos tempos foi a busca para melhorar os salários dos trabalhadores fabris.
3- Segunda fase da Administração Científica.
Ênfase na produtividade. Compreende oestudo Shop Monagement (Administração de Operadores Fabris). O homem precisava de motivação para realizar um bom trabalho. Tanto o homem da 1ª classe como o da classe média necessitava de incentivo.
Princípios defendidos nesta fase:
- Uma boa Administração deve pagar salários altos e ter baixo custo de produção.
- Aplicação de pesquisas para determinar melhor resolução das tarefas.
- Seleçãoe treinamento de trabalhadores.
- Cooperação entre cooperadores e administradores.

4- Terceira fase da Administração Científica.
- Desenvolver uma ciência para cada elemento do trabalho para substituir o velho método empírito.
- Divisão da autoridade e responsabilidade dentro da empresa.
- Distinção entre técnico e princípios.
Nesta fase os objetivos da administraçãocientífica são sintetizados. Os trabalhadores seriam selecionados, treinados, instruídos para que o trabalho fosse feito de acordo com a ciência desenvolvida.
A principal mudança foi a criação do departamento de planejamento, ao qual caberia o trabalho intelectual, estudar e propor melhorias no chão - de - fábrica. As técnicas desse princípio eram:
- Estudo de tempos e movimentos.
-Padronização de ferramentas e instrumentos.
- Conveniência de uma área de planejamentos.
- Pagamento de acordo com o desempenho.
- Cálculo de custos.
A administração científica foi tido como uma revolução mental e uma maneira das pessoas encararem o trabalho de uma forma mais cordial.
A produtividade é gerada através da eficiência, não a escravização do trabalhador e sim da inteligência...
tracking img