Taylor e fayol

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1301 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 4 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
OS PRINCÍPIOS DE ADMINISTRAÇÃO DE TAYLOR

É a fase em que administrar significa planejar e racionalizar as tarefas que devem ser executadas pelos subordinados. A preocupação básica da
Administração era exclusivamente metodizar o trabalho do operário, visando a melhorar a eficiência do processo produtivo. Nesta fase, administrar e estabelecer e prescrever a maneira pela quais as pessoasdevem executar o seu trabalho cotidiano.
O aparecimento da grande indústria e do sistema de fabricas e as introduções de maquinaria dispendiosa deram azo ao novo interesse pelos problemas de administração.
Seu empenho primordial era a obtenção de eficiência do seres humanos e das máquinas, através do estudo de tempo e movimentos. Talvez a principal contribuição de Taylor à teoria deadministração seja sua insistência sobre a aplicação de métodos científicos aos problemas de administração.

1. A improvisação e o empirismo devem ser substituídos pelo planejamento e pela ciência. Representa uma tentativa de aplicação dos métodos da ciência – observação e mensuração- aos problemas de administração da época.
2. Para se aumentar a eficiência da empresa deve-secomeçar pela eficiência de cada operário. Ao invés de deixar o operário escolher sua maneira pessoal de trabalhar, a administração é quem deve planejar o método – isto é, a melhor maneira - de executar a tarefa. O método de trabalhar deve ser planejado através da técnica do estudo de tempos e movimentos: os movimentos dos operários são simplificados e racionalizados, e o tempo cronometrado paraexecutá-los passa a ser o tempo-padrão.
3. Para incentivar a produção e elevar a eficiência do operário, Taylor recorreu ao incentivo salarial ou prêmio de produção. Sua convicção era a de que as pessoas vão trabalhar exclusivamente para ganhar o salário e que a melhor maneira de incentivá-las e produzir mais é oferecer-lhes prêmios de produção.
4. Ao simplificar e racionalizar as tarefasocorreu à especialização do trabalhador. Em vez de o trabalhador executar a tarefa de modo integral ou produzir inteiramente o produto, ele passou a executar uma tarefa especializada ao longo da linha de produção ou linha de montagem. A especialização trouxe inegavelmente um grande aumento da eficiência, mas trouxe também a perda da visão do conjunto: o operário passou a trabalhar executando apenasuma pequena parte da tarefa ou do produto e não mais a tarefa ou o produto integralmente.
5. Para aproveitar ainda mais o esforço humano e aumentar a eficiência do operário, a Administração Científica voltou-se também para a estandardização e padronização da maquinas, equipamentos e materiais. A idéia era estabelecer padrões uniformes para toda a empresa e, conseqüentemente simplificar ehomogeneizar para reduzir o desperdício.
6. Taylor preocupou-se também com o papel do gerente. Este deveria obedecer aos Princípios da Administração Científica, a saber:
a) Princípios do planejamento: substituir no trabalho o critério individual do operário e a atuação empírica e prática pelos métodos baseados em procedimentos científicos.
b) Princípios do preparo: selecionarcientificamente os trabalhadores de acordo com suas aptidões prepará-los e treiná-los para produzirem mais e melhor, de acordo com o método planejado. Além do preparo da mão-de-obra, padronizar as máquinas e equipamentos de produção. Cuidar do arranjo físico e da disposição racional das ferramentas e materiais.

c) Principio do controle: controlar o trabalho para se certificar de que o mesmoestá sendo executado de acordo com as normas estabelecidas e segundo o plano previsto. A gerência deve cooperar com os trabalhadores, para que a execução seja a melhor possível.
d) Princípio da execução: distribuir distintamente as atribuições e as responsabilidades, para que a execução do trabalho seja bem mais disciplinada.
e) Princípios da execução: as ocorrências que se...
tracking img