Tatuagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2323 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de março de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
INTRODUÇÃO

É bem sabido que a história da tatuagem esteve intrinsecamente ligada a rituais, religiões, tribos, sempre revestida de uma certa dignidade mística Etimologicamente, a palavra rito, do latim ritus, significa ordem estabelecida. Alguns autores antropólogos, entre eles, Martine Segalen (2002), argumenta que o homem está buscando novas formas de expressar os seus sentimentos eemoções. Segunto esta autora, os ritos não estão morrendo na modernidade, mas se recriando a partir das performances que se distinguem das sociedades tradicionais por não se vincularem ao caráter religioso.
O uso da tatuagem como o do piercing parece conotar uma prática moderna que provoca um certo mal estar na sociedade ocidenta. Segundo Ana Costa (2003) essa relação decorre da concepção de corpointroduzida pelo cristianismo, ou seja, o corpo como dádiva divina que, por isso não pode ser maculado, transformado. A autora analisa tal fenomeno como uma produção recalcada: a incidência do uso de tatuagens e de piercing como o retorno do recalcado e a reação concomitante, decorrente da ação do ego ao reconhecer a presença desse tipo de material. Portanto, não se trata de um fenômeno novo e sim, “dolevantamento da cortina de um recalque que derivou da proibição e proscrição de seu uso” (COSTA, 2003, p.29)
No contexto social da atualidade, cicemos em um meio de investimento exagerado dirigido ao corpo. Alguns atribuem a motivação baseada em uma auto-estima elevada, vaidade, status, entre outros motivos. Consiferamos que nesta situação há em especial uma procura pelo reconhecimento social,e, sobretudo por um suporte identificatorio para si. “Diante da dificuldade de encontrar em si mesmo uma imagem que satisfaça, busca-se no olhar do outro, no social a imagem que possa agradar” (VOLICH, 2004, p.05)
A busca pela tatuagem revela algum descontentamento com o corpo, e infica uma maneira de ser, reflexo de uma realidade sustentada no mercado das aparências. “Cada vez mais, asubjetividade parece se ancorar na exterioridade, nos sinais visíveis emitidos por um corpo que rivaliza constantemente pela captação dos olhares alheios em um mundo saturado de estímulos visuais” (SIBILIA, 2003, p.2)
A Body modification dentre os nomes dados as transformações corporais, parece ser o que mais engloba a diversificação destas expressões. Consiste em ser uma expressão utilizada por BeatrizPires (2003), que contempla os vários tipos de body (art,perfformance, building etc) onde ela destaca 02 grandes grupos: O primeiro é formado por indivíduos que buscam um padrão de beleza estipulado pela sociedade e época em que vivem. São pessoas que moldam seu corpo, reforçando as características próprias do humano. Compreendem o culto ao corpo, ou seja, as dietas, musculação, cirurgia plástica,etc. O segundo é composto por pessoas que se utilizam de elementos e formas que não possuem correlato com os pertencentes ao corpo humano. A esse grupo estão vinculadas as práricas de piercing, implante estérico, branding (desenho ou sinal inscrito sobre a pele com ferro em brasa com laser), fabricação de cicatrizes em relevo, stretching (aumento dos buracos do piercing) escarificação e tatuagem.Este ultimo grupo, que aborda o objeto de estudo deste trabalho, divide-se em outros dois, na concepção da autora: 1) “composto por seguidores da moda”, e é formado por jovens que consideram as alterações corporais como um requisito estético para pertencerem ao contexto urbano atual; 2) constituido por pessoas que compartilham e propagam idéias e ideais em relação às modificações corporais. Namaioria das vezes, esse grupo possui mais de uma intervenção corporal, as quais podem ou não estar em regiões de seu corpo exposto cotidianamente. Como última característica, as intervenções são feitas de forma crescente e contínua.
A antropologia, desde Marcel Mauss, demonstra a diversidade moral e cultural da humanidade, revelando modos distintos de percepção, utilização e relação com corpo....
tracking img