Tafonomia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1052 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Tafonomia
Estudo sistemático da evolução de fósseis, desde a morte dos indivíduos até a sua final incorporação e transformações dentro da rocha que os contém.
O estudo tafonômico envolve dois momentos principais da evolução do fóssil:
- o primeiro momento é antecedente ao soterramento e designado bioestratonomia: refere-se à causalidade da morte do fóssil, à forma de decomposição e depreservação de partes duras e moles, ao seu transporte e deposição; assim, o fóssil pode ter sido depositado in situ ou transportado por rios, correntes marinhas, etc.. sofrendo quebras e misturas com fósseis de outros ambientes, diferentemente da tendência de quando depositado in situ, no seu ambiente de vida;
- o segundo momento é relacionado a processos diagenéticos e/ou deformacionais, comosilicificação, piritização, carbonatação,.. achatamentos, quebramentos,..

TAFONOMIA

Processos e Ambientes de Fossilização

Tafos:Sepultamento Nomos: Leis

 Estudo das leis que governam a transição dos restos orgânicos da biosfera para a litosfera.
 Estudo dos processos de preservação e como eles afetam a informação no registro fossilífero.
 Nasceu danecessidade do paleontólogo em entender como os organismos e seus restos chegaram à rocha e quais foram os fatores que atuaram na formação das concentrações fossilíferas.

Subdivisões
 Bioestratinomia: história sedimentar dos restos esqueléticos até o soterramento, incluindo as causas de morte de um determinado organismo, sua decomposição, transporte e soterramento.
 Diagênese dos Fósseis:processos físicos e químicos que alteram os restos esqueléticos após o soterramento.

 Seilacher (1970) 1º autor a tratar os restos orgânicos como partículas sedimentares.
 sujeitos aos mesmos processos de transporte, concentração e seleção dos demais clastos (fragmentos de rochas, minerais, que são transportados e sedimentam)
 sofre importantes distorções ou vieses no registro da biota:
Abrange os processos sedimentológicos responsáveis pela origem das concentrações fossilíferas, auxilia na determinação de camadas guias, no estabelecimento de tafofacies.
 É importante ferramenta na análise de bacias, na resolução temporal dos estratos fossilíferos e no estabelecimento de seqüências estratigráficas.

Terminologia:
 Assembléia Fóssil (tanatocenose, orictocenose) – qualqueracumulação relativamente densa de partes duras esqueléticas
 Uma assembléia fóssil pode conter elementos transportados ou autóctones constituindo em assembléias autóctones, parautóctones ou alóctones.
 Assembléia Autóctone: Composta por fósseis derivados de uma comunidade local e preservados na posição de vida.
 Assembléia Parautóctone: formada por espécimes autóctones que não foramtransportados para fora de seu hábitat original.
 Assembléia Alóctone: Composta por espécimes transportados para fora de seu hábitat.

Coleta e Descrição Tafonômica de Assembléias Fossilíferas
1. Coleta:
Estratégia de coleta de dados tafonômicos depende:
 Da natureza dos estudos;
 Da qualidade e natureza dos afloramentos fossilíferos;
 Dos tipos de preservação dos fósseis estudados.Regra básica durante a coleta
 Orientação, topo e base da concentração devem ser devidamente anotados.
 Preferível a coleta de blocos de rochas contendo as concentrações fossilíferas e não a coleta individual de fósseis.
 Regra básica durante a coleta
 Em muitos casos, os blocos deverão ser seccionados, para a observação das feições bioestratinômicas (grau de empacotamento, distribuição dosfósseis na matriz).
 No afloramento, a orientação espacial e atitude (mergulho/direção) do elemento ósseo é anotada antes de isolar o osso das rochas encaixantes.
 No caso da retirada de segmentos mais completos (esqueletos inteiros), o material é isolado do afloramento, recoberto por gesso até formar um bloco compacto que assegure que perdas de elementos ósseos não vão ocorrer.
 Antes...
tracking img