Tads

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1805 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 2 de junho de 2014
Ler documento completo
Amostra do texto
 TADS

Em termos de arquitetura de computadores, o termo “64 bits” é uma expressão usada para descrever inteiros, endereços de memória ou qualquer outro tipo de dado que tenha um tamanho de 64 bits, ou então para descrever arquiteturas de CPU e ALU baseadas em registradores, barramentos de dados e endereços com o tamanho de 64 bits.Embora uma CPU possaser de 64 bits internamente, seu barramento de dados, ou endereços, podem ter tamanhos diferentes (maiores ou menores). Muitas CPUs atuais de 32 bits utilizam barramentos de 64 bits, que as vezes são tratadas como 64 bits confundindo os usuários. Este termo também pode se referir ao tamanho de uma instrução no conjunto de instruções de uma arquitetura. Sem uma qualificação definida, podemos dizerque uma arquitetura de computador descrita como sendo de 64 bits geralmente tem registradores inteiros de 64 bits que suporta dados (de 64 bits) tanto interna como externamente. (http://en.wikipedia.org/wiki/64-bit)A primeira CPU de 64 bits foi lançada comercialmente em 1990 pela MIPS Technologies. Em 1992, a DEC lança o chip Alpha para servidores atraindo a atenção de um mercado dominado pelasgrandes mainframes. Com a extinção da DEC (comprada pela Compaq e posteriormente absorvida pela HP) a computação em 64 bits em micros “ressurgiu” com o desenvolvimento do processador Itanium (IA-64) pela Intel (http://www.intel.com) junto com a HP (http://www.hp.com) em 1994 sendo introduzido, depois de um longo período de gestação, no mercado por volta de 2001. Já na versão 2 (Itanium 2) seu usoainda não está "popularizado" pois, devido ao seu alto custo, está limitado à servidores e grandes estações de trabalho.O início da computação de 64 bits para desktop (PC de mesa) iniciou em 2003 com o lançamento do processador Opteron (para servidores) da AMD (http://www.amd.com). O AMD Opteron não utiliza o conjunto de instruções do IA-64, mas extensões de 64 bits no conjunto existente da IA-32.Isto permitiu uma grande compatibilidade com os programas existentes e tornou fácil a coexistência da computação de 32 e 64 bits na mesma plataforma. Mas, infelizmente, o Opteron ainda era caro demais para uso popular e também ficou restrito ao uso em servidores.Linha de tempo: 1990MIPS Technologies A primeira CPU de 64 bits comercialmente lançada em 1991.1992A DEC lança o Alpha 21064, umprocessador de 64 bits (RISC) rodando à 200MHz.1995Primeira geração do SPARC64 (Fujitsu/Sun Microsystems).1999Lançamento da tecnologia x86-64 da AMD.2001Lançamento comercial do Itanium (Intel) para servidores. A Microsoft lança uma versão do Windows Server, específica para o Itanium.2003A AMD lança o Opteron e logo após o Athlon 64. A Apple aproveita o embalo lançando uma nova geração (g5) de suas máquinascom o chip PowerPC 970 da IBM/Motorola.2004Intel segue o sucesso da AMD lançando EM64T direcionando para PC desktop.2005A Intel lança o primeiro chip de núcleo duplo e a Microsoft lança a versão do Windows XP Professional x64. A Apple anuncia a migração para a plataforma Intel.“64 bits” x “extensões de 64 bits”Até então, os processadores de 64 bits estavam restritos apenas ao uso em servidores egrandes estações de trabalho (para computações gráficas, científicas e outras). Porém, em setembro de 2003, a AMD lançou o Athlon 64, que foi o primeiro processador “popular” para PC de mesa com suporte a 64 bits. Este lançamento deu início à real computação de 64 bits para o usuário comum despertando a atenção de desenvolvedores de hardware/software para o novo "petisco" do mercado. A Microsoft,por sua vez, iniciou o desenvolvimento do Windows XP x64 para os novos processadores de 64 bits.O conjunto de instruções da arquitetura IA-64 (Intel Architecture 64 bits) é completamente diferente do conjunto de instruções da arquitetura IA-32 (Intel Architecture 32 bits) utilizado nos processadores padrão AMD e Intel. O Itanium foi desenvolvido com uma arquitetura real de 64 bits, já os novos...
tracking img