Térmitas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2401 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de outubro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Determinação da existência de Térmitas (Isoptera)
Moradia da Sra. Teresa de Jesus Espinola Amarante, sita na Rua de Baixo de S. Pedro n.º21, Angra do Heroísmo, Ilha Terceira (Açores)

Sistema de Certificação de Infestação por Térmitas (SCIT)

Por
Marina Lima

Angra do Heroísmo, 30 de Novembro de 2010
SUMÁRIO:
O presente relatório vem a confirmar a presença da espécie Cryptotermesbrevis, térmita de madeira seca que ataca habitações, na moradia da Sra. Teresa de Jesus Espinola Amarante, sita na Rua de Baixo de S. Pedro n.º21, Angra do Heroísmo. A Cryptotermes brevis apresenta-se como a espécie de térmita mais problemática e destrutiva dos Açores estando registada nas ilhas: Terceira (Angra do Heroísmo, S. Miguel (Ponta Delgada) Faial (Horta), Santa Maria (freguesia de SantaBárbara) e S. Jorge (vila da Calheta).
Observou-se que o sótão da moradia contém uma infestação de Nível C/D (moderada/severa).
Pode recorrer-se a tratamento químico, mas visto encontra-se em todo o sótão vestígios de térmitas e alguns elementos de madeira evidenciarem um estado de degradação avançado, o melhor procedimento a adoptar é a substituição total do sótão. Aconselha-se algumas formas deprevenção da praga, bem como formas de evitar que a mesma se disperse.
1
1. INTRODUÇÃO
A madeira apresenta propriedades nutritivas, como açúcares, carboidratos, gomas, resinas e amidos que constituem a base alimentar de uma infinidade de organismos designados por xilófagos. Estes podem ser fungos, bactérias, insectos, moluscos e crustáceos. (Francisco Tarcísio)
Nos Açores existem váriosinsectos que atacam a madeira, sendo os mais alarmantes os Coleoptera (carunchos) e os Isoptera (térmitas).

As térmitas constituem uma praga urbana nos Açores, causando elevados prejuízos nas habitações, atacando móveis e esculturas mas também partes estruturais como sobrados e tectos (Borges, P.A.V, Myles, T., 2007).
Estes insectos são extremamente sociais e apresentam um ciclo de vidacomplexo (ver Figura 1) estruturando-se em várias castas (reis, rainhas, segregadas, ninfas, soldados e alados) onde os indivíduos desempenham funções diferentes de protecção e trabalho, enquanto outros, de reprodução e perpetuação.
Figura 1 – Ciclo de vida da Cryptotermes brevis Ilustrando as Principais Castas de uma colónia de Térmitas (http://sostermitas.angra.uac.pt/termitas/)

De acordo com aBiblioteca de Pragas D.D.DRIN , as térmitas apresentam um desenvolvimento incompleto, compreendendo as fases de ovo, ninfa e adulto. As ninfas sofrem metamorfoses até chegarem à forma adulta e é durante essa fase de desenvolvimento que será definida a função da ninfa, ou seja, se transformarão em segregadas, soldados, reprodutores alados ou de reposição, de acordo com a necessidade da colónia. Apósa revoada, os alados perdem as asas e juntam-se aos pares, saindo à procura de local adequado para o estabelecimento da nova colónia. Passados alguns dias após a cópula, a rainha começa a desova, dando origem apenas a segregadas que darão início à construção da colónia. Depois de estabelecida a colónia, surgem os indivíduos das outras castas e após atingir a maturidade da colónia (por volta de 5anos), começam a surgir os indivíduos alados que irão fazer novas revoadas para criar novas colónias.
São conhecidos três tipos de térmitas: subterrâneas, de madeira viva e de madeira seca. A Cryptotermes brevis, espécie de madeira seca, está a provocar grandes prejuízos nas principais cidades do arquipélago dos Açores (Borges, P.A.V, Myles, T., 2007). Esta espécie vive em madeiras com teor dehumidade relativamente baixo e não necessitam, ao contrário das térmitas subterrâneas, ter contacto com o solo ou com outra fonte de humidade. Por viverem dentro da madeira seca, são muitas vezes transportadas acidentalmente de um local a outro por meio de móveis infestados, estrados de madeira, molduras de quadros, etc.
A Cryptotermes brevis é capaz de consumir madeiras moles como madeiras...
tracking img