Técnicas de saúde e segurança no setor madeireiro

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1511 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 27 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
SEMINÁRIO
TÉCNICAS DE SAÚDE E SEGURANÇA NO SETOR MADEIREIRO

1. INTRODUÇÃO

O número de indústrias madeireiras na região amazônica, de acordo com os registros do Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA) é de 3358.

As atividades da indústria madeireira na regiãoAmazônica, como toda atividade econômica que tem seus recursos oriundos da floresta, criam impactos não só diretamente no homem como também na natureza. No caso específico das madeireiras, os agentes ambientais originados por suas atividades englobam todos os grupos de riscos ambientais: físicos, químicos, biológicos, ergonômicos e de acidentes.

2. OBJETIVOS

2.1. Objetivo Geral

Tem comoobjetivo identificar, avaliar, reconhecer e controlar os riscos que atua sobre os fatores ambientais e a prevenção das doenças ocupacionais e doenças do trabalho, visando a saúde e a integridade física dos trabalhadores no setor madeireiro.

2.2. Objetivo Especifíco

• Preservação da saúde e integridade física dos trabalhadores, através do reconhecimento e controle dos riscos ambientais existentesnos locais de trabalho.
• Manter todos os agentes ambientais sob controle, com monitoramento periódico e ações complementares vinculadas ao nível de ação.
• Avaliar minuciosamente todos os ambientes de trabalho.
• Elaborar programa de prevenção de acidente.
• Orientar os colaboradores sobre os riscos que o mesmo está na iminência.

3. MATÉRIA PRIMA

A indústria madeireira desenvolve seuprocesso em duas etapas:

A primeira etapa ocorre na fase da coleta de matéria prima, a derrubada das árvores. Nesta fase, o número de acidentes é bastante elevado. Nesta etapa, uma das principais causas de acidentes é o manuseio inadequado da moto-serra e sua gravidade varia desde a amputação de membros até a morte.

Na segunda etapa, algumas indústrias recebem a madeira ainda sob a formade toras, outras recebem transformadas em serrados. Nesta etapa, o número de acidentes também é bastante elevado e, muitas vezes, de mesma gravidade da primeira fase.

TÉCNICAS DE AÇÕES PREVENTIVAS

4. RETIRADA DE CALOR DO AMBIENTE

De uma maneira indireta a exaustão também influi no bem estar do trabalhador, retirando do ambiente uma parcela do calor gerado por fontes quentes no ambientede trabalho.

O sistema de exaustão renova o ar interno da fábrica admitindo uma quantidade nova de ar considerável no ambiente. Este volume equivale-se ao mesmo volume de ar retirado pelo sistema de exaustão.

5. TREINAMENTO

Designar pessoal com treinamento qualificação, orientação técnica e educativa para o desenvolvimento das atividades laborais. Executar as atividades conforme asnormas de segurança utilizando os EPI’s necessários, que deverão sempre estar sob supervisão de profissional legalmente habilitado.

6. PROTEÇÃO DA SAÚDE DO TRABALHADOR

Captação das poeiras tóxicas produzidas pelas máquinas no beneficiamento da madeira, com sistema de Exaustão instalado, como objetivo principal a proteção da saúde do trabalhador, uma vez que captam o pó gerado noprocessamento da madeira antes que se disperse no interior das fábricas atinjam a zona de respiração do trabalhador.

7. DIMINUIÇÃO SONORA

O ruído é o agente que está presente em quase todos os processos do beneficiamento da madeira. A sua origem tanto pode ser proveniente das máquinas como também da própria matéria-prima e até mesmo da atividade. Um nível de ruído na indústria madeireira varia de 90a 120 decibéis.É fundamental adotar medida de ordem geral que conserve o ambiente de trabalho dentro dos limites de tolerância.


8. INTEGRAÇÃO

Promover debates, encontros, campanhas, seminários, palestras, reuniões, e utilizar outros recursos de ordem didática e pedagógica com objetivo de divulgar as normas de segurança e higiene do trabalho, visando evitar acidentes do trabalho,...
tracking img