Sustentabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2406 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 18 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
1

A Questão Demográfica
Especialmente a partir do século XVII, duas correntes de pensamento foram sendo
construídas, que interferem diretamente no modo de agir sobre o meio ambiente: a
antropocêntrica e a biocêntrica ou ecocêntrica. Enquanto a primeira, coloca o home m como
centro do universo, a segunda defende que o homem se insere na natureza como qualquer
outro ser vivo, e o mundonatural tem seu valor por si mesmo.
Na visão antropocêntrica, a natureza não tem um valor em si mesma, mas apenas enquanto
reserva de recursos naturais a serem explorados pelo ser humano.
O debate a respeito da questão ambiental tem um marco na publicação do “ Essay on the
principle of population as it affects the future improvement of society ”, que era meramente
quantitativa, entre o aumento dapopulação, que crescia em proporção geométrica, e a
utilização dos recursos naturais, que crescia em progressão aritmética.
Portanto, até o século XIX, predominavam as idéias antropocentristas, nas quais havia uma
valorização exclusiva do mundo natural domesticado e dos campos de cultivo.
Para que houvesse uma mudança de mentalidade contribuíram o avanço da história natural e o
forteprocesso de urbanização induzido pela revolução industrial que passou a responder pela
má qualidade do ar, do congestionamento e da insalubridade das aglomerações urbanas.
Aparece a contemplação da natureza selvagem com possibilidade de isolamento espiritual.
Esse desejo manifesta-se nos escritores românticos que viam a natureza como o lugar de
descoberta e do “Paraíso Perdido”.
Como resultadodessas idéias foi criado o primeiro parque nacional do mundo, o de
Yellowstone, nos EUA, em 1872, meados do século XX.
Na região preservada, ficou proibido o uso do parque para qualquer uso que não o de parque
público ou de área de recreação. Qualquer ocupação era considerada ilegal e passível de
remoção.
Portanto, essa exaltação inicial da natureza, ainda que fosse a base para as idéiaspreservacionistas, estava voltada para as necessidades do homem e continha uma
contradição, pois na noção de vida natural/selvagem incluem -se as populações autóctones,
que deveriam ser removidas.
Trata-se de uma idéia antropocêntrica, porque ainda que não estivesse sendo vista como
apenas fonte de subsistência, era importante na recuperação fí sica e psicológica dos seres
humanos, o que ainda tem ohomem como centro da questão e porque apenas uma elite
poderia ter acesso.
No século XIX surgem duas visões ambientais importantes: a preservacionista e
conservacionista.
A primeira tem como base as idéias de que o homem não poderia ter direitos superiores aos
animais (depois chamadas de biocêntricas).
Com relação ao pensamento conservacionista, os recursos devem ser usados de formaracional a fim de que sejam conservados. Há três princípios que nor teiam esse pensamento:
uso dos recursos naturais pela geração presente; prevenção do desperdício; e o uso dos
recursos naturais para o benefício da maioria dos cidadãos.
Como durante todo o século XIX, dominava a noção de que os recursos naturais eram
ilimitados e, portanto, o progresso era sinônimo de crescimento, desenvolvimento edomínio da
natureza, a visão conservacionista dominava.
Quanto ao debate demográfico durante o período de meados do século XIX e meados do

2

século XX, ele se resume à Europa e ainda predomina a visão antropocêntrica, pois três são as
idéias básicas: eficiência no uso dos recursos (conservacionista), a equidade no acesso aos
recursos (distributiva) e a beleza estética para amenizartensões (preservacionista).
Com o fim da segunda Guerra Mundial, as questões demográficas passam a ter um outro
tratamento, pois muitos passaram a compreender que o crescimento da população tinha uma
importância que transcendia as questões econômicas e sociais. Portanto, surgem
considerações sobre a estreita relação entre a evolução demográfica e a transformação dos
modos de vidas, das escolhas...
tracking img