Sustentabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 50 (12453 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 17 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
nt

[pic]
Universidade Anhanguera – Uniderp
Centro de Educação a Distância

Curso Superior Tecnologia em Recursos Humanos

Atividade Avaliativa Desafio de Aprendizagem
Disciplina: Responsabilidade Social e Meio Ambiente

Prof.Ma. Adriana Amaral Flores Salles
 



Nome dos Acadêmicos e RA:Osasco

211














ATIVIDADE AVALIATIVA DESAFIO DE APRENDIZAGEM
Prof.Ma. Adriana Amaral Flores Salles
Nome do tutor presencial: Vanessa Zeferino
Professor tutor a distância: Jurema Tussi Cunha













Atividade Avaliativa: Desafio de Aprendizagem apresentado ao Curso Superior Tecnologia em Gestão de Recursos Humanos da Universidade Uniderp, comorequisito para a avaliação da Disciplina Responsabilidade Social e Meio Ambiente para a obtenção e atribuição de nota da Atividade Avaliativa.



 









OSASCO

2011





1. Conteúdo
1. Etapa 1 7
1.1. Sustentabilidade 7
1.2. Planejamento Ambiental 8
1.3. Política Nacional de Resíduos Sólidos – Lei nº 12.305/2010 8
1.4. Política Nacional do Meio Ambiente 9
1.5.Estrutura Básica do SISAMA (Sistema Nacional do Meio Ambiente 10
2.1 O Sistema Nacional do Meio Ambiente - SISAMA, 10
2.2 10
2.3 CONSELHO DE GOVERNO:  10
2.4 CONSELHO NACIONAL DO MEIO AMBIENTE (CONAMA): permissivos. 10
2.5 MINISTÉRIO DO MEIO AMBIENTE (MMA):  SISAMA. 10
2.6 INSTITUTO BRASILEIRO DE MEIO AMBIENTE E DOS RECURSOS NATURAIS RENOVÁVEIS (IBAMA): . 10
2.7 ÓRGÃOSSECCIONAIS:  10
2.8 11
2.9 ÓRGÃOS LOCAIS: . 10
2.10 10
2.11 11
1.6. Objetivo da Política Nacional do Meio Ambiente 11
2.12 12
2. Resíduos Sólidos Urbanos 12
2.1. Classificação dos Resíduos Sólidos 12
2.2. Saneamento Básico. 13
2.3. LEI Nº 10.257, DE 10 DE JULHO DE 2001 14
2.4. O PRESIDENTE DA REPÚBLICA 14
2.5. CAPÍTULO I DIRETRIZES GERAIS 14
2.6. CAPÍTULO II DOSINSTRUMENTOS DA POLÍTICA URBANA 16
2.7. LEI Nº 12.305, DE 2 DE AGOSTO DE 2010. 17
1. TÍTULO I 17
1.1. DISPOSIÇÕES GERAIS 17
1.2. CAPÍTULO I DO OBJETO E DO CAMPO DE APLICAÇÃO 17
1.3. CAPÍTULO II 18
1.4. DEFINIÇÕES 18
1.5. TÍTULO II 20
1.6. DA POLÍTICA NACIONAL DE RESÍDUOS SÓLIDOS 20
1.7. CAPÍTULO I 20
1.8. DISPOSIÇÕES GERAIS 20
1. RESOLUÇÃO-RDC Nº 306, DE 7 DE DEZEMBRO DE2004 21
1.1. Resolução CONAMA nº 358, de 29 de abril de 2005. 22
1.2. Leis Federais 27
3 Decreto Federal 5.940 de 25 de outubro de 2006  27
3.1 TIPO DE LIXO 30
3.2 Como deveria ser a coleta 32
3.3 O que poderia ser feito. 32
3.4 Tipos de Resíduos 32
3.5 Classificação do lixo 33
3.6 RESIDUOS ESPECIAIS 33
3.7 RESIDUOS URBANOS 33
3.8 Serviços de saúde e hospitalar 343.9 Resíduos Assépticos 34
3.10 COLETA 35
Coleta e Disposição Final do Lixo 37
3.11 LIXO HOSPITALAR 37
3.12.1 Conclusão 40
3.12.2 Situação Atual do Lixo 41
3.12.3 A Terceirização de Resíduos. 42
3.13 Conclusão 43
1. Considerações Finais 43
3.14 Fonte de pesquisa 44













Etapa 1



[pic]



3 Sustentabilidade


È um ideal sistemáticoque se perfaz principalmente pela ação, e pela constante busca entre desenvolvimento econômico e ao mesmo tempo preservação do ecossistema.
O conceito de sustentabilidade representa promover a exploração de áreas ou uso de recursos planetários (naturais ou não) de forma a prejudicar o menos possível o equilíbrio entre o meio ambiente e as comunidades humanas e toda a biosfera que dele dependempara existir.
A sua aplicação pode ser feita em diversos níveis: a adoção de fonte de energia limpas está entre as preocupações centrais, algumas empresas tem desenvolvidos projetos de sustentabilidade voltando-se para aproveitamento do gás liberado em aterros sanitários, dado energia para população que habitam proximamente a esses locais. Outro exemplo de sua aplicação está em empresas, como...
tracking img