Sustentabilidade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2529 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 7 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

FUNDAMENTOS HISTORICOS METODOLOGICOS DO SERVIÇO SOCIAL

PROFESSORES EAD: ELAINE CRISTINA VAZ GOMES

MA. LAIRA ROSA DOS SANTOS

ACADEMILOS:

NOEMI JACQUES SOARES - RA 332422

FATIMA CIRILA JACQUES SOARES - RA 328207

POLO URUGUAIANA

QUAIS AS PRINCIPAIS CARACTERISTICA DA SOCIEDADE NO PERIODO DE CRIAÇAO DO SERVIÇO SOCIAL?

Quando oServiço Social surgiu no Brasil, na década de 30 do século passado, registrava - se no Pais uma intensificação do processo de industrialização e um avanço significativo rumo ao desenvolvimento econômico,social,político e cultural.Tornaram-se mais intensas também as relações sociais peculiares ao sistema social capitalista.
Quando se coloca em discussão a denominada questão social, doiselementos surgem em destaque; o trabalho e o capital. A resposta a ser dada ao conflito, entre esses dois pólos, vai depender da maior ou menor importância que se atribui a um ou outro desses elementos.
Para entender melhor essa problemática, considera-se, de inicio, o trabalho humano, destacando as relações sociais que se desenvolvem no sistema produtivo. Focaliza-se, então, o cerne daquestão social, a exploração do trabalho pelo capital, com todas as suas conseqüências para a vida do trabalhador.
O serviço social profissional teve suas origens no contexto do desenvolvimento capitalista e do agravamento da questão social. Para compreender as circunstancias históricas ligadas do século passado, considerando-se como eixo central da analise a questão social em seus aspectoseconômicos, políticos e sociais. Nesse contexto, foi promulgada uma serie de medidas de políticas sociais, ao mesmo tempo o Estado conseguia a adesão dos trabalhadores, da classe media e dos grupos dominantes, donos do capital. O governo populista adotava, ao mesmo tempo, mecanismos de centralização político administrativa, que favoreciam o aumento da produção, dando condições para a expansão e aacumulação capitalista. Relacionando o Serviço Social com a questão social e com as políticas sociais do Estado, tornou-se necessário o debate de alguns elementos da problemática do Estado: o Estado Liberal, o Estado Intervencionista, e as funções educativas, políticas e sociais que se desenvolve no âmbito do Estado moderno. Os processos de institucionalização do serviço social, como profissão,estão relacionados com os efeitos políticos, sociais e populistas do governo de Vargas. A implantação dos órgãos centrais e regionais da previdência social e a reorganização, dos serviços de saúde, educação, habitação e assistência ampliaram de modo significativo o mercado de trabalho para os profissionais da área social. O serviço social, como profissão e como ensino especializado, beneficiou-se comesses elementos históricos conjunturais.
Ao mesmo tempo em que se ampliava o mercado de trabalho, criavam-se condições para uma expansão rápida das escolas de serviço social.

QUAL A IMPORTANCIA DO CAPITALISMO PARA SERVIÇO SOCIAL?

O trabalho humano se encontra na base de toda a vida social.Os homens,impulsionados pelas necessidades vitais,apropriam-se da natureza e produzem osbens necessários a sua manutenção,que lhes dão condições de existir,de se reproduzir e de fazer historia ,salientaram Marx e Engels .
Depois de satisfeita as primeiras necessidades, surgem outras, exigindo novas soluções, que direcionam o homem nas relações com os outros homens. Enredo nesse conjunto de relações sociais, como um ser social e histórico, este desenvolve sua práxis,atividades material pela qual ele faz o mundo humano e se transforma a si mesmo. A transformação das condições sociais, realizadas pela pratica humana, foram sendo geradas bem como os progressos econômicos e social,bem como toda uma cultura.
Na teoria de marxista, o modo de produção oferece elementos para caracterizar as sociedades e analisar as suas transformação, no processo de trabalho,...
tracking img