Sustentabilidade saude e cidadania

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 85 (21249 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
260

ESTADO DO MEIO AMBIENTE E RETROSPECTIVAS POLÍTICAS: 1972-2002

UNEP, Hartmut Schwarzbach, Philippines, Still Pictures

Áreas urbanas
Panorama mundial
Quase metade da população mundial (47%) vive em áreas urbanas, e espera-se que esse número cresça 2% ao ano entre 2000 e 2015 (United Nations Population Division, 2001a). A aglomeração populacional, os padrões de consumo, os padrões dedeslocamento e as atividades econômicas urbanas exercem intensos impactos sobre o meio ambiente em termos de consumo de recursos e eliminação de resíduos. No entanto, as cidades também oferecem oportunidades de se gerir o crescimento populacional de forma sustentável. prolongar-se no século XXI. As forças propulsoras desse fenômeno incluem as oportunidades e os serviços oferecidos nas áreasurbanas, principalmente empregos e educação, embora em algumas partes do mundo, notadamente na África, os conflitos, a degradação da terra e o esgotamento dos recursos naturais também sejam fatores importantes (UNEP, 2000). As cidades desempenham um importante papel, tanto como provedoras de emprego, moradia e serviços, quanto como centros de desenvolvimento cultural, educacional e tecnológico, porta deacesso para o resto do mundo, centros industriais de processamento de produtos agrícolas e manufaturados e lugares onde se gera renda. Há um forte e positivo vínculo entre os níveis nacionais de desenvolvimento humano e os níveis de urbanização (UNCHS, 2001b). Entretanto, um crescimento urbano acelerado implica desemprego crescente, degradação ambiental, escassez de serviços urbanos, sobrecargada infra-estrutura existente e falta de acesso a terra, a renda e a moradia adequada (UNCHS, 2001b). Portanto, a gestão sustentável do ambiente urbano desponta como um dos maiores desafios do futuro.

Urbanização
Os crescentes níveis de urbanização são causados pelo crescimento natural da população e pela migração da população rural para as cidades. Durante os últimos cinqüenta anos, ocorreu umgrande êxodo de populações rurais para áreas urbanas, e esse processo de urbanização (a concentração de pessoas e atividades em áreas classificadas como urbanas) deve

ÁREAS URBANAS

261

Os níveis de urbanização estão intimamente relacionados à renda nacional – a maioria dos países mais desenvolvidos já se encontra urbanizada –, e em quase todos os países as áreas urbanas são responsáveispor uma parte desproporcional do Produto Interno Bruto (PIB). Bangkok, por exemplo, gera 40% da produção da Tailândia, apesar de somente 12% de sua população viver nessa cidade (UNCHS, 2001b). Em escala mundial, as cidades produzem, em média, 60% do PIB nacional. O rápido aumento da população urbana mundial, associado ao lento crescimento da população rural, levou a uma significativaredistribuição demográfica ao longo dos últimos trinta anos. Em 2007, metade da população mundial estará vivendo em áreas urbanas, em contraste com pouco mais de um terço registrado em 1972; dessa forma, o período de 1950 a 2050 presenciará uma mudança de padrão, passando dos anteriores 65% de população rural para 65% de população urbana (United Nations Population Division, 2001a). Estima-se que em 2002aproximadamente 70% da população urbana mundial estaria vivendo na África, Ásia ou América Latina (UNCHS, 2001a). As mudanças mais marcantes em curso são os níveis de urbanização registrados nas nações menos desenvolvidas, que saltaram de 27% em 1972 para 40% em 2000, um crescimento de mais de 1,2 bilhão de pessoas (United Nations Population Division, 2001b). Além disso, são fortes os indícios de que essatendência continue pelos próximos trinta anos, com a agregação de 2 bilhões de pessoas à população urbana dos países atualmente menos desenvolvidos. No universo dessas médias mundiais, há diferenças regi-

onais complexas em relação ao crescimento e a mudanças no panorama urbano. A mudança percentual anual verificada na população urbana por região mostra um decréscimo geral nos índices de...
tracking img