Sus clinica zilda arns

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 25 (6110 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 6 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Federal do Rio de Janeiro























PORTFÓLIO - PCI ATENÇÃO INTEGRAL À SAÚDE



















Rio de Janeiro

2012



PRIMEIRA ENTREGA DE PORTFÓLIO





• Que fatores o influenciaram a fazer medicina? O que pensa fazer na medicina?

A escolha pela medicina como profissão envolveu uma série de questõesatreladas a esta carreira que condizem com minha personalidade e expectativas para o futuro, tanto social quanto financeiramente. A mais preponderante porém, talvez seja a capacidade que um médico tem de interferir na vida de um indivíduo, tendo portanto, um papel significativamente ativo na sociedade.

A medicina lida de uma forma mais direta com a vida (no sentido antagônico à morte) daspessoas do que provavelmente as demais profissões, sendo transferida para o profissional dessa área muitas vezes, uma responsabilidade imensa, que pode decidir se o tratamento escolhido obterá êxito ou não. Toda essa responsabilidade, essa “adrenalina” que o serviço pode proporcionar, é para mim, um dos maiores atrativos da profissão.

Outro fator importante é a função social que um médico écapaz de realizar, principalmente ao prestar assistência à pessoas menos favorecidas financeiramente, proporcionando a estes cidadãos uma melhora em sua qualidade de vida no que tange à saúde. Em diversas ocasiões, o tratamento médico pode ter consequências que vão muito além do supracitado, podendo significar um recomeço, um novo caminho a seguir.

Não menos importante, existe a questão daestabilidade financeira e taxa de empregabilidade que são muito boas para os médicos, mas não deve ser o fator mais importante não só para esta carreira como para todas as outras.

Por não ter uma grande vivência na área da saúde, e pelo fato de estar a pouco tempo na Universidade, ainda não tenho certeza sobre qual especialidade pretendo seguir. Com base nas matérias que já me foram expostas atéo dado momento, tendo a pender para a cardiologia, neurologia ou medicina intensiva.

• Expectativas em relação às aulas teóricas;

As aulas teóricas da disciplina AIS têm por objetivo dar ao aluno, não o embasamento disciplinar para que o mesmo realize procedimentos práticos no ambiente clínico, e sim, apresentá-lo e introduzi-lo no Sistema Único de Saúde (SUS) discutindo estratégiasde atenção primária a saúde que é hoje uma das maneiras mais eficientes de prevenção e tratamento de determinadas doenças.

Todo esse conteúdo deve em minha opinião, ser exposto de maneira a ter correlações com a prática, permitindo que, em determinados momentos das aulas sejam abertos espaços para debates entre alunos e professores. Dessa forma, espero que sejamos ao final do períodocorrente, instigados e estimulados a trabalhar futuramente nas áreas públicas de saúde, mais precisamente na atenção primária.

• Expectativas em relação à prática na Saúde da Família;

As aulas práticas ministradas nas Clínicas da Família são uma excelente oportunidade para que os estudantes de medicina possam sair da rotina monótona do ciclo básico (com pouquíssima clínica médica) paraserem inseridos em um ambiente prático. Com isso, teremos a oportunidade de realizar alguns procedimentos simples e básicos porém indispensáveis para um bom médico, como por exemplo: imunização e realização de curativos.

Academicamente poderemos ainda usufruir de um contato mais próximo com nossos (as) orientadores (as) aumentando assim o nosso nível de conhecimento.

As visitasdomiciliares promoverão ainda o contato do aluno com diferentes tipos de pessoas, que por sua vez possuem diferentes grupos familiares, distribuídos nos mais diferentes locais dentro da comunidade. Essa troca de experiências propiciará uma nova concepção sobre aquela localidade bem como os indivíduos que nela residem. Lembrando sempre, que a comunicação médico-paciente deve ser a melhor possível...
tracking img