Surrealismo - vida e obra de rené magritte

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3686 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 22 de outubro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]







Curso de Design de Interiores
APS: Atividade Prática Supervisionada

Aluna: Natália Pereira









SURREALISMO- Vida e Obra de
René Magritte










Bento Gonçalves

2012



1
Natália Pereira








SURREALISMO- Vida e Obra de
René Magritte








Pesquisa realizada para realização daAPS (Atividade Prática Supervisionada) do Curso de Design de Interiores da Faculdade Tecnológica da Serra Gaúcha, na qual pesquisei sobre a vida e a obra do pintor belga René Magritte..








Bento Gonçalves

2012





SUMÁRIO


Introdução 03
1.Surrealismo 04
1.1.Surgimento e História do Movimento Surrealista 04
1.1.1.Nas Artes Plásticas 051.1.2.Na Literatura 06
1.1.3.No Cinema 06
1.1.4.No Teatro 06
1.1.5No Brasil 07
2. RENÉ MAGRITTE – O Ilusionista da Arte 07
2.1 Biografia 07
2.2 Obras 08
3. OUTRAS OBRAS DE MAGRITTE 22
Conclusão 26
Referências Bibliográficas 27






























INTRODUÇÃOSURREALISMO: Vida e Obra de René Magritte


A pesquisa analisa o movimento artístico surrealismo que influenciou vários artistas no final do século XIX, com o começo da Revolução Industrial. Dentre os artistas desse movimento, a escolha foi estudar as obras de René Magritte que é um dos grandes surrealistas da época. Em muito de seus quadros, os objetos obtém um grande destaque,sendo retratados de uma forma reflexiva e intencional, dando um novo olhar ao seu significado. Com isso, a pesquisa mostra essa relação entre a idéia do artista, e o objeto do cotidiano relatado em suas obras, finalizando assim a transformação do objeto funcional com significados próprios de René Magritte.

































4
1. SURREALISMO1. Surgimento e História do Movimento Surrealista


O surrealismo surgiu na França na década de 1920. Este movimento foi significativamente influenciado pelas teses psicanalíticas de Sigmund Freud, que mostram a importância do inconsciente na criatividade do ser humano.
De acordo com Freud, o homem deve libertar sua mente da lógica im-posta pelos padrõescomportamentais e morais estabelecidos pela sociedade e dar vazão aos sonhos e as informações do inconsciente. O pai da psicanálise, não se-gue os valores sociais da burguesia como, por exemplo, o status, a família e a pátria.
O marco de início do surrealismo foi a publicação do Manifesto Surrealista, feito pelo poeta e psiquiatra francês André Breton, em 1924. Neste manifesto, foramdeclarados os principais princípios do movimento surrealista: ausência da lógica, adoção de uma realidade "maravilhosa" , exaltação da liberdade de criação, entre outros.
Os artistas ligados ao surrealismo, além de rejeitarem os valores dita-dos pela burguesia, vão criar obras repletas de humor, sonhos, utopias e qualquer informação contrária a lógica.
Outros marcosimportantes do surrealismo foram a publicação da revis-ta A Revolução Socialista e o segundo Manifesto Surrealista, ambos de 1929. Os artistas do surrealismo que de destacaram mais na década de 1920 foram: o escultor italiano Alberto Giacometti, o dramaturgo francês Antonin Artaud, os pintores es-panhóis Salvador Dalí e Joan Miró, o belga René Magritte, o alemão Max Ernst, e o cineasta espanhol LuisBuñuel e os escritores franceses Paul Éluard, Louis Aragon e Jacques Prévert.
A década de 1930 é conhecida como o período de expansão surrealis-ta pelo mundo. Artistas, cineastas, dramaturgos e escritores do mundo todo assimi-lam as idéias e o estilo do surrealismo. Porém, no final da década de 1960 o grupo entra em crise e acaba se dissolvendo


1. Nas Artes Plásticas...
tracking img