Surdos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3389 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de setembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
1.1 O CONTEXTO HISTÓRICO DA EDUCAÇÃO DO SURDO

Panorama Mundial

Faremos uma breve retrospectiva histórica da educação do deficiente
auditivo, usando como referencial teórico Goldfeld, (1997).

A educação das pessoas surdas, por muitos anos, desenvolveu-se de forma preconceituosa. Houve um padrão consistente de evolução em que podemos dizer, que o que prevaleceu foi a desigualdade social.As pessoas deficientes eram destacadas por possuírem características divergentes daquelas instituídas pela sociedade. Por exemplo, utilizavam termos como, “excepcional” como se explicasse a diferença existente de um indivíduo para o outro. Na antiguidade acreditava-se que as pessoas deficientes não podiam ser educadas, pois eram consideradas como aberração da natureza, portanto foram vários osperíodos em que estas pessoas foram rotuladas de incapazes, não
podendo participar de qualquer tipo de vida “normal” a que regularmente passam as outras pessoas da comunidade.
Sabe-se que nesta mesma época, era comum o extermínio de crianças
que nascessem deficientes. Existem relatos a respeito do tratamento que era dado a essas pessoas. Não havia nenhuma preocupação com a educação ou qualqueroutra forma de socializar as pessoas deficientes.
Por volta de 335 d.C. aparecem importantes filósofos, como Aristóteles,
que acreditava que o pensamento era desenvolvido por meio da linguagem e da mesma com a fala, e por isso afirmava que o “surdo não pensa, não pode ser considerado humano”. (GOLDFELD, 1997, p.24).
No fim da Idade Média e início da Idade Moderna os surdos e todos os
tipos dedeficientes passam a ser alvo de interesse pela parte médica e religiosa. É importante lembrar que, nesta transição, o homem passou a ser visto como o centro do Universo, uma vez que no período do
“Humanismo Renascentista” com os conceitos de amor à natureza, de amor ao corpo humano, firmou-se o pensamento baseado no conceito de pessoa e de sua superioridade sobre as forças da natureza, que
destaforma trouxeram algumas mudanças na vida das pessoas surdas (SILVA,1998, p.1).
Iniciou-se uma fase na vida das pessoas surdas, pois foi percebido que
elas podiam falar. Então começaram a surgir pessoas que eram contratadas para ensinarem os surdos a falar e, aos poucos, também ensinavam-lhes a ler e a escrever contradizendo as palavras de Aristóteles.
Muitas mudanças foram alcançadas, novosconceitos surgiram e, a
partir de um novo contexto, iniciam-se pesquisas e estudos sobre desenvolvimento do deficiente auditivo.
Na década de 90, a partir da Declaração de Salamanca, as políticas de
diretrizes da Educação Especial começaram a mudar e passaram a ter subsídios na proposta da inclusão.
Podemos encontrar nessa declaração a seguinte afirmação; o surdo
deve ser inserido de fato, paraque possa ter sua cidadania respeitada (Declaração de Salamanca, 1990, p.2). Por isso, acreditamos que é necessário a existência de políticas efetivas.
Assim sendo, a inclusão do surdo só será possível quando forem
observadas suas necessidades especiais e que se estabeleça uma metodologia específica que garanta sua relação, comunicação e o desenvolvimento de seus valores sociais.

1.2 EDUCAÇÃODO SURDO NO BRASIL:

A educação do surdo no Brasil, data do século passado, na década de
50, sob a Lei nº 839 de 26 de janeiro, assinada por D. Pedro I quando aconteceu a fundação do Imperial Instituto dos Surdos. A fundação deste instituto deve-se ao surdo chamado Ernesto Huet, francês, professor e diretor do Instituto. Quando chegou ao nosso país, foi apresentado ao imperador, que facilitou afundação do Instituto Santa Terezinha em 15 de abril de 1829, oferecendo atendimento sóciopedagógico
No governo do Presidente Emílio Garrastazu Médici, priorizou-se a
melhoria do atendimento ao deficiente. Foi criado o (CENESP) Centro Nacional de
Educação Especial, extinguindo-se a Campanha Nacional da Educação dos Surdos.
É claro que precisamos estar atentos a todas as mudanças, pois os...
tracking img