A relação dialógica como pressuposto na aceitação das diferenças: O processo de formação das comunidades surdas.
O movimento surdo não pode ser configurado como um monólogo, e por isso é regado dedialogicidade. “Os surdos podem olhar o mundo ao invés de somente vê-los”. O dialogo é de extrema importância, pois possibilita informação, auto-formação e reconhecimento dos sujeitos.
A antropologiamoderna tem como convicção que os seres humanos são modificados pelos locais que freqüentam e, a partir desse ponto, traçar uma linha cultural única, seria um equivoco. Não podemos pensar que acultura dos surdos é uma imagem da cultura dos ouvintes, isso não existe. E quando a cultura surda é reprimida, ela sofre inúmeros retrocessos.
A única coisa própria do ser humano é a linguagem, poissomente a partir dela nos transformaremos em seres individuais, sociais e culturais. E abrir espaço para que os surdos tenham acesso a todo conhecimento é um bom começo.
É preciso ultrapassar asfronteiras da escola, pois muitas ainda trabalham no sistema de adestração, sem se preocupar com a formação integral dos alunos surdos, outras ainda trabalham com base terapêutica, transformando o localescolar numa clinica de recuperação.
É preciso que ampliar seus conhecimentos sobre o mundo, sobre os outros e sobre si mesmo, e pensando nisso, surge a ideia do multiculturalismo- bilíngüe: duas línguase diversas culturas.
Surdos que tem pais ouvintes são os que sofrem mais com a perda cultural, pois provavelmente só terão contato com outros surdos quando estiverem na adolescência ou na faseadulta, e só então desenvolverão sua identidade surda. As relações parentais dos surdos diferem das dos ouvintes, pois é um parentesco cultural e não familiar, eles se constituem como um grupo étnico, a nãoser que toda a família seja surda.
Pensar em grupo, dialogando e planejando amplia a rede de comunicação das comunidades. Os objetivos comuns das comunidades surdas são avançar nos campos... [continua]

Ler trabalho completo

Citar Este Trabalho

APA

(2012, 10). Surdos e sua comunidade. TrabalhosFeitos.com. Retirado 10, 2012, de http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Surdos-e-Sua-Comunidade/403185.html

MLA

"Surdos e sua comunidade" TrabalhosFeitos.com. 10 2012. 2012. 10 2012 <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Surdos-e-Sua-Comunidade/403185.html>.

MLA 7

"Surdos e sua comunidade." TrabalhosFeitos.com. TrabalhosFeitos.com, 10 2012. Web. 10 2012. <http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Surdos-e-Sua-Comunidade/403185.html>.

CHICAGO

"Surdos e sua comunidade." TrabalhosFeitos.com. 10, 2012. Acessado 10, 2012. http://www.trabalhosfeitos.com/ensaios/Surdos-e-Sua-Comunidade/403185.html.