Supply chain management - gestão da cadeia de suprimentos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3515 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de março de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
FACULDADE JABOTICABAL – FAJAB

SUPPLY CHAIN MANAGEMENT (Gestão da Cadeia de Suprimentos)

Alunos:

| |
|Trabalho realizado como exigência da Disciplina |
|de Logística Empresarial. |
|7º Semestre. |
|Professor:|

Jaboticabal – SP
Maio de 2008

SUPPLY CHAIN MANAGEMENT (Gestão da Cadeia de Suprimentos)

1. Introdução

Em uma era digital e globalizada, a ferramenta mais utilizada pelas empresas de pequeno e grande porte, é a competição. Com significado crescimento a partir dos anos 90, a competição é uma funcionalidade que permite às empresas vantagens no mercado que atuam, tornado-se marcase organizações globais. Para consegui-la muitas empresas lançam uso de uma nova façanha denominada Supply Chain Management (SCM – Gestão da Cadeia de Suprimentos), forma encontrada para obter uma visão ampliada, atualizada e sistematizada da administração tradicional de materiais, incluindo a gestão de toda a cadeia produtiva de maneira estratégica e integrada.
Para a Gestão da Cadeia deSuprimentos, as empresas têm que definir suas estratégias competitivas e funcionais por meio de seus posicionamentos (enquanto fornecedores ou clientes) dentro das cadeias produtivas em que estão inseridas. O objetivo central da SCM abrange toda a cadeia produtiva, incluindo não só a relação empresa – fornecedores, mas também a relação empresa – clientes.

2.SCM – Gestão da Cadeia de Suprimentos
A SCM visa intensificar, somar e valorizar os benefícios da gestão integrada da cadeia de suprimentos. As estratégias e decisões deixam de ser elaboradas e fixadas sob o panorama de uma única empresa e passam a fazer parte da cadeia produtiva como um todo. Além disso, serve de alicerce para uma importante mudança no modelo competitivo ainda executado emdiversas empresas, ao evidenciar que a competição no mercado tende a ocorrer no nível das cadeias produtivas e não simplesmente no nível das isoladas unidades de negócios.
Surge, assim, um modelo competitivo baseado na idéia de que atualmente a competição ocorre entre “virtuais unidades de negócios”, ou seja, entre cadeias produtivas. A SCM procura utilizar-se dos benefícios da tradicionalintegração vertical, descartando, no entanto as usuais desvantagens em termos de custo e perda de flexibilidade. Como mostra a Figura 1, uma Virtual Unidade de Negócios é formada pelo conjunto de unidades (empresas distintas) que constituem uma determinada cadeia produtiva.

[pic]
FIGURA 1 - Competição entre Unidades de Negócios Virtuais

Através desta figura, pode-se notar que umaunidade de negócios tem a capacidade de participar de inúmeras unidades de negócios virtuais, como é o caso, por exemplo, de empresas de autopeças que atuam em virtuais unidades de negócios lideradas por grandes montadoras. É importante ressaltar que o modelo competitivo e gerencial da SCM preocupa-se com a competitividade de produtos e serviços diante do consumidor final e com o desempenho de todaa cadeia produtiva.

2.1. Componentes da SCM
A SCM é formada pelos seguintes componentes:
Planejamento de demanda (previsão);
Colaboração de demanda (processo de resolução colaborativa para determinar consensos de previsão);
Promessa de pedidos (quando alguém promete um produto para um cliente, levando em conta tempo de duração e restrições);
Otimização de redeestratégica (quais produtos as plantas e centros de distribuição
devem servir ao mercado) – pode ser mensal ou anual;
Produção e planejamento de distribuição (coordenar os planos reais de produção e distribuição para todo o empreendimento) - diário;
Calendário de produção - para uma locação única, criar um calendário de produção viável. - minuto a minuto
Planejamento de redução...
tracking img