Super dicas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 20 (4930 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INTERCOM – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação XXVI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – BH/MG – 2 a 6 Set 2003

A HISTÓRIA EM QUADRINHOS NA SALA DE AULA Roberto Elísio dos Santos Professor do IMES – Centro Universitário Municipal de São Caetano do Sul

Resumo: Considerada erroneamente apenas um entretenimento descompromissado ou subliteraturainfantil, a História em Quadrinhos possui qualidades que seus críticos nem desconfiam. A utilização dos quadrinhos no processo de aprendizagem, por exemplo, é um recurso viável, necessário e importante, que, entretanto, tem sido pouco explorado. A compreensão de um produto cultural tão complexo como a História em Quadrinhos exige a identificação de seus elementos característicos e da maneira como suanarrativa é articulada. Fornecer elementos para o entendimento desta forma de comunicação visual e para sua utilização em sala de aula é o objetivo deste texto. Palavras-chave: História em Quadrinhos; educação; recursos didático-pedagógicos.

1.

INTRODUÇÃO A História em Quadrinhos, como veículo de comunicação visual impressa, além de ser

um produto de consumo elaborado pela IndústriaCultural, tem diversas aplicações, seja como peça de marketing, seja como instrumento de transmissão de conhecimento e ferramenta pedagógica. É justamente a possibilidade de uso das HQs que necessita ser melhor compreendida e explorada por educadores, pais e membros de movimentos populares e comunitários. De acordo com o pedagogo Azis Abrahão (MOYA, 1977, p. 147), ao lado da instrução formal, rígida, háum aprendizado indireto, que também permite a aquisição de conhecimento e que pode ser realizado concomitantemente à instrução direta. Neste sentido, ressalta Abrahão, a História em Quadrinhos, "como veículo de aprendizagem para as crianças, não só é capaz de atingir uma finalidade instrutiva (ensino direto ou central), pela apresentação dos mais diversos assuntos e noções. Mais do que isto, eprincipalmente, consegue preencher uma finalidade educativa (ensino concomitante), por um desenvolvimento, que produz, de ordem psico-pedagógica, isto é, dos processos mentais e do interesse pela leitura".
1 Trabalho apresentado no Núcleo de Comunicação Educativa, XXVI Congresso Anual em Ciência da Comunicação, Belo Horizonte/MG, 02 a 06 de setembro de 2003.

INTERCOM – Sociedade Brasileira deEstudos Interdisciplinares da Comunicação XXVI Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação – BH/MG – 2 a 6 Set 2003

Assim, o potencial didático-pedagógico dos Quadrinhos envolve: Incentivo à leitura; Utilização em livros didáticos; Aprendizado de línguas estrangeiras; Discussão de temas; Dramatização; Educação popular etc. Apresentar as aplicações dos quadrinhos na sala de aula e a suacompreensão é, portanto, o objetivo deste texto. 2. INCENTIVO À LEITURA O desinteresse pela leitura por parte das novas gerações tem sido explicado, de forma generalizada e até mesmo preconceituosa, como conseqüência dos meios visuais e audiovisuais. Imputa-se a ojeriza pelos textos à televisão e, mais recentemente, ao videogame e à Internet. E nem mesmo a História em Quadrinhos passa incólume à ação deteóricos e educadores que procuram entender as causas da rejeição à palavra escrita (e impressa) por parte dos jovens. No caso específico do Brasil, há diversos processos que desencadeiam o desinteresse pela leitura, sejam de ordem econômico-social (a parcela mais pobre da população não tem poder aquisitivo para adquirir livros, jornais e revistas), sejam de ordem política (o Estado é responsávelpela situação calamitosa, crônica e persistente do ensino público, que, além de não incentivar o aluno a criar o hábito da leitura, ainda é ineficiente). Mas, então, como explicar a falta de interesse pela leitura também presente no caso de estudantes vindos de extratos mais altos da sociedade, que têm poder aquisitivo e podem freqüentar escolas particulares pagas? O fato de o hábito de leitura...
tracking img