Sujeito construtor e construido pela sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1434 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de abril de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]

INTRODUÇÃO

Formar o cidadão é dar as orientações básicas de respeito e de condição social. A condição social é que faz o cidadão. É conscientizar e para isso é fundamental a escrita, a leitura, a compreensão do mundo. Através da educação, o aluno vai saber conhecer os seus direitos, as suas obrigações e saber respeitar o próximo. Saber ser gente. Para auxiliar taldesenvolvimento, trago neste trabalho uma atividade para crianças das séries iniciais de 1° à 5° ano.

sUJEITO construtor e construido pela sociedade

O verbo ensinar, proveniente do latim insignare, significa marcar com um sinal, procurar a vida, desvendar e despertar para o conhecimento.

A ação de ensinar contém duas extensões. Uma ação é a intenção de ensinar,outra é a aferição do resultado, sendo assim, mesmo com a maior intenção de ensinar se o aluno não se apropria do conteúdo ensinado, a ação “ensinar” não se efetivou, pois a concretização da meta pretendida não foi alcançada, logo não se concretizou a aprendizagem. Esse termo engloba então a ação de ensinar por parte do professor, e a ação de apreender (assimilar mentalmente, entender, compreender)por parte do aluno, como uma sociedade cooperativa e intencional para atingir a finalidade da construção do saber consciente, crítico e reflexivo, no enfrentamento não só da constituição da aprendizagem, mas também da reconstrução desses mesmos saberes, dentro da sociedade globalizada que muda a todo instante.
Ao focalizarmos a educação como instrumento de formação da cidadania,através do trabalho desenvolvido na escola, temos a clareza de que a escola sozinha não dá conta da tarefa de formar o cidadão, uma vez que a formação da cidadania vai além de seus muros. Ela é forjada no dia a dia das relações dos indivíduos e no conjunto das organizações da sociedade, a exemplo dos movimentos sociais que têm apresentado contribuições relevantes nesse processo.
Para que aescola possa desenvolver um trabalho nesta perspectiva, faz-se necessária a construção de um projeto pedagógico, democrático e participativo, em que a formação do sujeito possa ser assumida coletivamente. Esse processo se desenvolve na prática diária, através da apreensão dos conteúdos curriculares e na vivência do exercício da cidadania.
A ação educativa significa que a função daescola não é só a instrução, é também a educação, de forma a aumentar a capacidade do indivíduo de ser sujeito, enquanto sujeito de direitos e de deveres para com a sociedade em que está inserido.
Nessa compreensão, a escola deve como diz Philipe Perrenoud:

“contribuir para desenvolver a tolerância em relação às minorias (...); proporcionar abertura às outrasculturas, a igualdade dos homens e das mulheres, a participação democrática na vida política, a solidariedade para os menos favorecidos, a integração dos deficientes, o respeito pelo meio ambiente, a defesa dos direitos humanos, a rejeição das discriminações de todo gênero”.

A escola que se propõe a trabalhar em busca de uma proposta democrática de forma a contribuir para a formação dacidadania ativa, de sujeitos construtores do projeto de sociedade, não pode perder de vista essas necessidades/possibilidades e os desafios.
Alunos e professores participam de uma construção compartilhada do saber. Na sala de aula não há lugar para o ensinar e o saber de forma isolada, isso deve ser necessariamente um conjunto.
Para exemplificar segue a atividade abaixo:CONCLUSÃO

O professor que ensina objetivando o sucesso futuro do aprendiz é um educador que tem como preocupação realizar as possibilidades que a educação tem. Fica evidente nesta situação, que seu sonho, é o de que seus alunos construam saberes múltiplos que promovam a transformação da realidade social excludente e possam superar as desigualdades dominantes em sua...
tracking img