Suas

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1383 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Anhanguera – UNIDERP
Centro de Educação a Distância
Curso: Serviço Social
Disciplina: Gestão de Sistema Único de Assistência Social
Prof: Elaine Cristina Vaz

Alunas: Ana lucia Nogueira de Lima RA: 276545
Ana Carla pereira de Assis RA: 224915
Francisca Adriana de Oliveira RA: 276796
Maria Edilene de limaAraújo RA: 204869
Maria Aurilene da Silva RA: 266658
Paula Ferreira da Silva RA: 266796

Cartilha

PÓLO LIMOEIRO DO NORTE-CE
04/2012
Introdução

O presente trabalho trata-se da apresentação de um projeto, onde os alunos inscritos na disciplina de Serviço Social da Uniderp Anhanguera – Pólo de Limoeiro do Norte Ceará, refletem um pouco sobre a Politica Nacionalda Assistência Social (PNAS).
Durante o processo de desenvolvimento da atividade, os alunos tiveram como tarefa, fazer um levantamento sobre o funcionamento da rede de instituições executoras da Política Nacional de Assistência Social (PNAS), integrantes do Sistema Único de Assistência Social (SUAS).
Os alunos pesquisaram os dados referentes à rede institucional para a execução da PNAS emdiversos locais, buscando sempre identificar pontos semelhantes ou diferenciados entre esta execução, dependendo do lugar onde esteja.
Como forma de apresentação do trabalho, cada turma deverá construir uma cartilha, destinada a esclarecer a população sobre o que é a PNAS, o SUAS, os serviços prestados, além de informar sobre os recursos existentes, a forma de acesso, a localização dos equipamentosetc.
Contudo, podemos dizer que este trabalho foi de muita importância para nosso crescimento enquanto futuros profissionais da área.

Desenvolvimento

Iniciaremos esta reflexão, questionando o que é a Política Nacional de Assistência Social – PNAS onde pudemos percebemos que após algumas pesquisas, entendemos que se trata de uma política que junto com as políticas setoriais, considera asdesigualdades sócio territoriais, visando seu enfrentamento, à garantia dos mínimos sociais, ao fornecimento de condições para atender à sociedade e à universalização dos direitos sociais. O público dessa política são os cidadãos e grupos que se encontram em situações de risco. Ela significa garantir a todos, que dela necessitam, e sem contribuição prévia a provisão dessa proteção.
Além dessagarantia, a Política de Assistência Social vai permitir a padronização, melhoria e ampliação dos serviços de assistência no país, respeitando as diferenças locais.
A Política Pública de Assistência Social concretiza-se de forma integrada às políticas setoriais, considerando as desigualdades sócio territoriais, visando seu enfrentamento, à garantia dos mínimos sociais, ao provimento de condições paraatender contingências sociais e à universalização dos direitos sociais. Sob essa perspectiva, objetiva:
* Prover serviços, programas, projetos e benefícios de proteção social básica e, ou, especial para famílias, indivíduos e grupos que deles necessitarem;
* Contribuir com a inclusão e a equidade dos usuários e grupos específicos, ampliando o acesso aos bens e serviços sócios assistenciaisbásicos e especiais, em áreas urbana e rural;
* Assegurar que as ações no âmbito da assistência social tenham centralidade na família, e que garantam a convivência familiar e comunitária.
No âmbito do SUAS, existem sujeitos que não conhecem suas diretrizes e princípios e não têm perceptibilidade da diferença entre proteção social básica e proteção especial. Esta é atribuída à culturaclientelista e à indiferença política historicamente presentes no campo da Assistência Social, à reduzida capacitação dos conselheiros e da equipe técnica, à ausência do co-financiamento estadual e, principalmente, à falta de estruturação dos órgãos gestores na lógica do SUAS, o que nos mostra um pouco do perfil dos sujeitos das politicas de assistência social.
Existem alguns equipamentos que são...
tracking img