Stress oxidativo

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2468 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 25 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O Stress Oxidativo


O envelhecimento é um processo inevitável que acontece naturalmente durante a vida de um organismo. Nesse processo ocorre uma diminuição progressiva das funções fisiológicas e também na habilidade de responder a estresses ambientais, levando assim um aumento na susceptibilidade a doenças. Obviamente contribuem para esse processo os fatores genéticos (predisponentes) eambientais (desencadeantes).
A teoria dos radicais livres foi proposta por Denham Harman e consiste na hipótese de que os radicais livres, átomos ou grupo de átomos que possuem elétrons não pareados na última camada eletrônica, são os principais fatores envolvidos no processo do envelhecimento devido ao acúmulo dos mesmos, causando danos oxidativos a várias moléculas nas células dostecidos.Subseqüentemente, Harman redefiniu a hipótese e sugeriu que a mitocôndria é o principal alvo dos ataques dos radicais livres, o que leva ao envelhecimento.
O oxigênio é um composto essencial para os organismos aeróbicos, a sua redução incompleta dentro das células leva à formação de intermediários tóxicos de oxigênio, denominados espécies reativas de oxigênio (EROS), constituído na sua maior parte porradicais livres muito reativos, como o O2 (radical superóxido), H2O2 (peróxido de hidrogênio), OH (radical hidroxila). O principal sítio de formação de EROS é a cadeia transportadora de elétrons (CTE), na mitocôndria. A CTE consome mais de 90% do oxigênio obtido pela célula, dessa porcentagem, em torno de 1-5% é convertido em superóxido até mesmo durante o estado fisiológico normal. As EROS podemlevar ao dano irreversível do DNA mitocondrial e nuclear, lipídeos de membrana e proteínas, resultando em disfunção mitocondrial e morte celular.
Normalmente, os efeitos deletérios causados pelas EROS são neutralizados e controlados por um sistema de defesa antioxidante da célula. A função primária dos antioxidantes é reduzir a velocidade de iniciação e/ou propagação dos processos radicalares,suprimindo a geração de espécies reativas ou, eliminando-as, diminuindo, ou até inibindo o dano oxidativo a uma molécula alvo. Os antioxidantes necessitam estar presentes em quantidades suficientes para neutralização dos efeitos dos radicais livres normalmente produzidos, quando esta equivalência não existe, dizemos que está ocorrendo um estresse oxidativo.

Oxidação e Redução

Oxidação é oprocesso químico em que uma substância perde elétrons. O mecanismo inverso, a redução, consiste no ganho de elétrons por um átomo, que os incorpora a sua estrutura interna. Tais processos são simultâneos. Na reação resultante, chamada oxi-redução ou redox, uma substância redutora cede alguns de seus elétrons e, conseqüentemente, se oxida, enquanto outra, oxidante, retém essas partículas e sofreassim um processo de redução. Ainda que os termos oxidação e redução se apliquem às moléculas em seu conjunto, é apenas um dos átomos integrantes dessas moléculas que se reduz ou se oxida.

Radicais livres e estresse oxidativo

Os radicais livres centrados em O2 são gerados fisiologicamente nos sistemas biológicos a partir de compostos endógenos. Por sua vez, ao metabolizar certos compostosexógenos ao organismo, também se pode gerar radicais livres distintos.
A molécula de O2 pode ser considerada como um birradical já que possui dois elétrons desemparelhados, cada um deles em um orbital molecular p. Ambos os elétrons têm o mesmo número quântico de spin, podendo dizer que têm spins paralelos. O oxigênio é um bom agente oxidante, portanto, ao oxidar um composto, se reduzirá porganho de elétrons. Este ganho ocorrerá de um elétron por vez. Adiciona-se um elétron ao oxigênio em seu estado fundamental, e o produto obtido é o ânion superóxido(O2). A adição de outro elétron dará lugar a formação do ânion superperóxido(O2) que não é um radical livre dado que não possui elétrons desemparelhados. Em geral, em sistemas biológicos, a redução parcial do oxigênio por ganho de 02...
tracking img