Status atribuido a mulher em nossa sociedade

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1820 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Comportamentos sociais.

O status atribuído à mulher em nossa sociedade.

Atitudes desenvolvidas em relação ao seu trabalho e participação social.

UNIVERSIDADE ANHANGUERA UNIDERP

APRESENTAÇÃO
O presente estudo se propõe a realizar um resumo explicativo sobre o status atribuído a mulher em nossa sociedade. Tendo como objetivo mostrar que o profissional de serviço social visa o bemcomum, é um profissional preocupado com a ampliação dos direitos sociais universais, e contra as desigualdades;

Homens / Mulheres. Relações sociais.

As relações entre homens e mulheres, ao longo dos séculos, mantêm caráter excludente. São assimiladas de forma  bipolarizada, sendo designada à mulher a condição de inferior, que tem sido reproduzida pela maioria dos formadores deopinião e dos que ocupam as esferas de poder na sociedade. Rousseau vê a mulher como destinada ao casamento e à maternidade. Kant a considera   pouco dotada intelectualmente, caprichosa indiscreta e moralmente fraca. Sua única força é o encanto. Sua virtude é aparente e convencional. As diferenças entre homens e mulheres são tantas que acaba gerando um preconceito enorme contra o sexo feminino oquerelativamente leva a discussões oque facilmente desembarcam na questão da violência contra a mulher. Na pré-história, quando colocamos em questão a relação de poder e, consequentemente, a violência, é possível lembrarmos-nos da figura do homem das cavernas puxando sua mulher pelos cabelos, revelando assim o domínio através da força. Para compreender melhor essaproblemática torna-se essencial apontar um fator, que, apesar de não ser o único condicionante, tem influenciado para a criação dessa ideologia:  o fator cultural. Trata-se de julgamentos de valor, julgamentos estes que revelam uma superioridade masculina e, ainda por cima, outorgam ao macho a autoridade para dominar.
Além da formação dessa ideologia existe ainda todo um histórico nahumanidade relacionado à prática de tratamentos cruéis, desumanos e degradantes. Os períodos históricos do Brasil em que houve a escravidão e a  ditadura militar são fatores fortíssimos neste sentido, pois nestas duas épocas, grandes eram as barbaridades perpetradas contra seres humanos, e isso veio a somar para o desenvolvimento da mentalidade de dominação e do direito de submeter alguém àtortura. No Brasil, a situação não é diferente. Tantos séculos de poder masculino inquestionável foram mais do que suficientes para firmar a ideologia do patriarcalismo e do machismo. O  machismo, herança de muito tempo,  trouxe consigo o peso do machismo português que, por sua vez, sofreu a influência árabe. Esse machismo se fortaleceu no Brasil, desde os tempos da Colônia, para onde vinham homens quedeixavam na Europa suas mulheres, noivas e esposas e se juntavam às índias e negras desprezadas, escravizadas. Neste período, o homem dominador, caracterizado como o senhor de engenho,  detinha poder de vida e de morte sobre a família.
Na verdade, o fator cultural diz respeito às produções mitológicas de uma cultura, isto é, aos mitos que uma sociedade cria para explicar uma ououtra realidade, sobre a qual se conta uma pequena história (o mito), geralmente satisfatória e não questionada pelas pessoas, que se vão servindo dela, sem que se detenham diante das realidades com verdadeiro sentido crítico. Nesta problemática, o mito aparece como conto ou expressão popular utilizado ingenuamente (ou talvez não) para legitimar a violência contra as mulheres, remetendo-a para umatradição cultural de desigualdade entre sexos, onde se tornam legítimos estes e outros crimes. Em linhas gerais temos que o homem é tido como o produtor, o explorador por direito (porque produz), é forte, valente, ousado, corajoso, desconfia da ternura, da afetividade, ele manda, ele sabe.  Enquanto isso a mulher é tão somente a consumidora, reprodutora, é explorada, fraca (porque  não possui...
tracking img