Sparta

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1795 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução

O trabalho aqui feito pretende mostrar e explicar as principais características de Esparta como história, sociedade, educação, instituições politicas e religião em Esparta.
Esparta (em grego Σπάρτη, transl. em grego moderno Spárti, em grego antigo, Spártē) é um município da Grécia, situada nas margens do rio Eurotas, no sudeste da região do Peloponeso. Foi uma das maisnotórias cidades-estados da Grécia Antiga; conquistou a vizinha Messénia cerca do ano 700 a.C. e, duzentos anos mais tarde, coligou-se a seus outros vizinhos, formando a Liga do Peloponeso. Na Guerra do Peloponeso, no século V a.C., Esparta derrotou Atenas e passou virtualmente a governar toda a Grécia, mas em 371 a.C. os outros estados revoltaram-se e Esparta foi derrubada, apesar de manter-se poderosa aindadurante mais duzentos anos.
Esparta encontra-se numa região de terras apropriadas para o cultivo da vinha e da oliveira. Na Antiguidade era uma cidade de caráter militarista e oligárquico, nunca tendo desenvolvido uma área urbana importante. O governo de Esparta tinha como um de seus principais objetivos fazer de seus cidadãos modelos de soldados, bem treinados fisicamente, corajosos e obedientesàs leis e às autoridades.
Em Esparta, os homens eram na sua maioria soldados e foram responsáveis pelo avanço das técnicas militares, melhorando e desenvolvendo um treino, organização e disciplina nunca vistas até então.
Relativamente ao poder, Atenas era a principal rival de Esparta e foi ela que liderou as cidades-estados gregas na luta contra os invasores persas, em 480 a.C.. A Constituição deEsparta, segundo a tradição, foi escrita por um legislador chamado Licurgo, que teria vivido no século IX a.c..

(Fonte: Wikipédia)

Esparta foi uma cidade voltada principalmente para a guerra, seus homens eram treinados para serem soldados desde a sua infância, isso é atribuídoao fato do povo de Esparta ter suas origens do povo dório que invadiram a região onde surgiu Esparta a procura por terras férteis, e também pelo fato deles buscarem sempre a ampliação de suas terras através das guerras.

História

Esparta surgiu em meados do século IX a.C., No século X a.C. os dórios penetraram a região no século seguinte quatro aldeias da lacónia se uniram para formarEsparta, no século seguinte foi introduzida a Esparta a cidade de Amiclas que era um centro urbano situado ao sul de Esparta.
Diferentemente das outras polis gregas, com o aumento populacional Esparta não optou por fundar colônias tendo fundando apenas uma chamada de Tarento, então Esparta começou a conquistar territórios vizinhos, tendo como rival Argos na luta pelo domínio do Peloponeso, cidade donorte do Peloponeso, ao final do século VII a.C. Esparta já havia conquistado toda planície da Lacônia.
Em 570 a.C., uma tentativa de conquista da Arcádia revelou-se um fracasso, tendo Esparta optado por alterar a sua política no sentido da diplomacia. Assim, Esparta ofereceu a outras localidades do Peloponeso a possibilidade de integrar uma liga por si liderada, a chamada Liga do Peloponeso. Amaioria dos estados do Peloponeso integraria esta liga, com excepção de Argos.
(fonte: Wikipédia).
Assim foi formada a liga do Peloponeso onde Esparta conseguiu fortes aliados como: Corinto e Elis, aumentando assim a sua superioridade sobre Argos, segundacidade-estado mais poderosa, a soberania de Esparta sobre Argos foi dada em 546 a.C. quando Esparta derrotou Argos em batalha.
Na Guerra Persa Esparta comandou as forças gregas em terra, enquanto Atenas defendia pelo Mar, com o final da guerra as relações entre Esparta e Atenas arruinaram-se causando a Guerra do Peloponeso.
Em 1834 foi fundada a Esparta Moderna que ocupa parte da antiga...
tracking img