Sou eu

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1429 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 19 de junho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
“Quem sou eu...”: Como desenvolver esse tema em uma redação?
Uma das solicitações mais frequentes, como tema de redação em escolas, provas de seleção, vestibulares e mesmo em pedidos de orientação no site Redação Criativa é o tema “Quem sou eu?". O assunto já foi solicitado em provas de grandes concursos e, por tratar-se de um autorretrato, uma exposição de si mesmo, muitas pessoas têmdificuldade em elaborar o texto.

A mais importante orientação que se deve ter em mente, ao escrever um texto com esse tema é que se trata de uma DESCRIÇÃO! Uma descrição de SI MESMO, um relato sobre as características que compões o seu ser, seu modo de agir, de pensar.

Que tal conversarmos sobre as características gerais deste tipo de produção textual? 
Segundo o autor Othon M. Garcia (emComunicação em Prosa Moderna), "a descrição é a representação verbal de um objeto sensível - ser, coisa, sensação ou paisagem - através da indicação dos seus aspectos mais característicos, dos pormenores que o individualizam, que o distinguem. Isto não significa que descrever coisas consista em enumerar o maior número possível dos detalhes que compõem o objeto. É preciso assinalar os traços maissingulares, os mais salientes, dispondo-os de tal forma que, do conjunto, ressalte uma impressão dominante e singularizante.” 

Ou seja, a finalidade da descrição é transmitir a impressão que a coisa vista (ou imaginada!) desperta em nossa mente, através dos sentidos. Ela é mais do que fotografia. Porque é INTERPRETAÇÃO também, salvo quando se trata de descrição técnica, científica ou jornalística.Tente, sempre, captar a “alma” do objeto que você está descrevendo. Normalmente, o grande erro de quem faz uma descrição é ceder ao impulso inicial de dizer O QUE É a coisa descrita! 

A grande pergunta que deve ser respondida ao descrever, no entanto, é: COMO É a coisa? 

Imagine-se, por exemplo, contando a alguém que nunca viu um morango como é a fruta. Explore, então, todos os sentidos: elatem peso (tato), volume (tato), aroma (olfato), cor (visão), gosto (paladar), além de despertar sentimentos e lembranças como uma fazenda da infância ou um doce da vovó (emoção ou "sexto sentido"). A percepção se faz com TODOS os sentidos, e não apenas com os olhos. Descrever, com clareza e beleza, é despertar no receptor a visão, a audição, o olfato. Como uma criança curiosa, PEGUE, em seu objeto.Fale dos sons que ele emana, dos cheiros, das sensações de calor, vultos , insinuações, saudades, possibilidades.

Você deve estar se perguntando: “Mas como eu faço tudo isso, falando de MIM MESMO?”.
Eis algumas dicas que podem ajudar:
- Procure ressaltar aquelas características que, em você, são as mais expressivas. Fisicamente, pode ser a cor dos olhos, os cabelos desalinhados, uma franjasempre fora do lugar, a mão sempre destacada pelos amigos como muito grande. Tente lembrar-se daquilo que normalmente faz com que você seja “reconhecido na multidão” – um jeito de falar; o excesso de gestos; um sinal na face.
- Tente imaginar que você está fazendo um “retrato falado”, para alguém que precisa localizar você. Como você seria encontrado, se tivesse que ser localizado na rua, em umshow repleto de pessoas, em um shopping, em uma sala de espera?
- Estabeleça metáforas, comparações e misturas de sentidos, em sua descrição. Isso tornará o seu texto mais expressivo, poético e com estilo. Quer alguns exemplos clássicos? Lembre-se da Gabriela, de Jorge Amado. Para falar da cor de sua pele e de seu cheiro, o autor a chamou de “Gabriela, CRAVO e CANELA”. Imediatamente, não lhe vem asensação do aroma doce do cravo e do tom forte da canela? Outro exemplo literário é Iracema, de José de Alencar. Ela é descrita assim: “a virgem dos lábios de mel, que tinha os cabelos mais negros que a asa da graúna e mais longos que seu talhe de palmeira. O favo da jati não era doce como seu sorriso; nem a baunilha recendia no bosque como seu hálito perfumado à sua cabeça o cheiro”. Veja...
tracking img