Song-song e a pequena gatinha.

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2616 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 11 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Song-song e a pequena gatinha.
Em uma mansão em alguma cidade do Japão uma linda menina chamada Song-song toca uma canção em seu piano. Concentrada, ela toca uma musica calma e com a melodia doce. Sua boneca, da qual parece gostar muito está em cima do piano e parece ser sua companheira. Seu pai observa da porta sua filha tocando até sua mulher chegar no cômodo onde está e quebrar algo,iniciando uma discussão com o marido, fazendo a menina erra a nota no piano e paralisando-a diante dele, deixando-a com cara de choro e tristeza por escutar a briga. Os pais discutem com a menina escutando. Ela se entristece quase que imediatamente. Eles discutem a respeito do que parece uma traição do pai. A mãe dizendo que não vai aceitar o filho bastardo e o pai dizendo que vai assumir suasresponsabilides. Durante a discussão o pai bate a mão com força no balcão, fazendo Song-song se assustar e engolir seco. A mãe diz que não vai aceitar de forma alguma a presença da outra criança
Assim que Song-song começa a escutar a discussão de seus pais começa a bater nas teclas do piano de forma descompassada, como se batesse nele, com raiva, tocando uma musica que revela o estado de seu espíritonaquele momento... Descompassado, sem rítimo, com raiva e desconexo. Ao fundo dessa musica enraivecida, tocada por Song-song, ainda é possível escutar a continuidade da discussão de seus pais.
A mãe manda o pai embora de casa, aos berros, e ele diz que vai e que ela pode ficar com tudo, mas que ele vai levar Song-song, sua filha e a mãe revida os gritos dizendo que jamais permitiria.
Song-songcontinua a tocar sua canção descompassada até que seu pai toca sua mão. Ela o olha com uma tristeza nítida no olhar! Ele diz para ela que vai viajar e que volta no final de semana e pergunta se está tudo bem. Song-song, que escutou toda a discussão, sabe que o pai não deve voltar, mas faz que sim com a cabeça quando ele pergunta se está tudo bem, mesmo não estando. O pai suspira com ar de tristezatambém, e sai da casa, olhando sua filha da porta. A mãe chora desesperada no cômodo onde discutiram. O pai bate a porta.
Mais tarde na mesa de jantar, estão sentadas Song-Song e sua mãe. A menina chama por sua mãe que está perdida em seus pensamentos. Chama algumas vezes e sua mãe não a atende. Bate na mesa com força assustando a menina e sai da mesa deixando-a sozinha, mais uma vez entrestecida.Saem de carro, a mãe aparentando estar bastante abalada. Song-song, pensativa, e com sua boneca no colo fala pra mãe, que se tivesse um irmã, daria sua boneca pra ele. A mãe corta a fala da garota na hora, pedindo para que ela não fale mais sobre isso. Ninguém explica pra Song-Song o que está acontecendo. Ela compreendeu a situação escutando a discussão de seus pais. Ela não sabe direito o queaconteceu, e não sabe o que vai acontecer. O que ela internaliza ali é o que vê, e nesse momento vê apenas a imensa tristeza de sua mãe, e a ausência de seu pai. Quando sua mãe corta sua fala, ela engole seco, e sem pensar, revolta-se e joga sua boneca pela janela. A boneca cai na rua movimentada por onde passavam e um outro carro a atropela, quebrando sua mãozinha. Ela fica ali, jogada no canto darua.
Em um momento um velho senhor passa por aquela rua, e vê a boneca. Ele passa por ela, para e volta. Pega a boneca em suas mãos e percebe que ela está sem a mãozinha. Olha em volta e encontra a mão dela, e recolhe. Percebe então uma coincidência. Relembra uma cena do passado. Ao que parecer ser alguns anos anteriormente, ela passa pelo mesmo lugar onde está naquele momento. Ao passar do lado deum amontoado de papelão e jornais, do lado de duas lixeiras, ele escuta o choro de uma criança. Ele passa, escuta, para e volta. Remexe no papelão e encontra uma linda menina, envolta em um cobertor. Ao longe a cena é observada por uma mulher, com o rosto bastante sofrido, e que chora ao ver a criança sendo encontrada, indo embora. O senhor que encontra a criança tem uma expressão de surpresa...
tracking img