Sondas sng e sne

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 18 (4436 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de julho de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Introdução
A Sondagem Vesical, embora simples em sua natureza, tem pormenores muito importantes, que se negligenciados podem causar danos ao paciente. Além da utilização de técnica estéril, são fundamentais, uma lubrificação adequada, e manobras extremamente delicadas. Dentre os principais problemas decorrentes da sondagem, existe as infecções, e o trauma uretral.Quando se subestimam os princípios básicos a serem seguidos, e são realizadas manobras inadequadas, intempestivas, forçando-se a progressão da sonda, é que ocorrem lesões.
A obstrução urinária causa repercussões anatômicas e funcionais a montante, e predispõe à instalação de infecção urinária, e à hidronefrose. A obstrução está presente em grande parte das patologias urológicas.Conceito: É a introdução de um cateter estéril através da uretra até a bexiga, com o objetivo de drenar a urina. Deve-se utilizar técnica asséptica no procedimento a fim de evitar uma infecção urinária no paciente.
A sondagem vesical pode ser dita de alívio, quando há a retirada da sonda após o esvaziamento vesical, ou de demora, quando há a necessidade de permanência do mesmo. Nestas sondagens dedemora, a bexiga não se enche nem se contrai para o seu esvaziamento, perdendo com o tempo, um pouco de sua tonicidade e levando à não capacidade de contração do músculo detrursor; portanto antes da remoção de sonda vesical de demora, o treinamento com fechamento e abertura da sonda de maneira intermitente, deve ser realizada para a prevenção da retenção urinária.
Finalidades:
1. Esvaziar a bexigados pacientes com retenção urinária;
2. Controlar o volume urinário;
3. Preparar para as cirurgias principalmente as abdominais;
4. Promover drenagem urinária dos pacientes com incontinência urinária;
5. Auxiliar no diagnóstico das lesões traumáticas do trato urinário.
Observações
A sondagem vesical só é aconselhada:
- Na incontinência urinária: somente em casos especiais,preferindo-se usar absorventes, calças plásticas, especiais ou URUPEN nos homens: o Urupens é um tipo de condom adaptado externamente ao pênis, ligado a uma extensão e este ao coletor de urina.
- Na retenção urinária, quando as medidas para estimular a micção forem ineficazes: (verificar se trata se de retenção urinária ou anúria. Se houver hipertensão dolorosa da bexiga, é retenção urinária; abrirtorneira próximo ao paciente; despejar água morna na região perineal, colocar bolsa de água quente na região abdominal; promover privacidade do paciente.)

Material
1. Bandeja contendo:
2. Pacote de cateterismo estéril com:
3. Cuba rim
4. Cúpula
5. Pinça kocher
6. gazes dobradas
7. Seringa de 20cc (a seringa no caso masculino serve para lubrificar a mucosa da uretraintroduzindo Xilocaína gel e também aliviando a dor na sondagem vesical, também casos de sondagem em que há presença de coágulos como por exemplo em paciente com infecção do trato urinário, ou lesão de bexiga, a seringa pode ser utilizada para aspirar os coágulos e permitir a passagem da urina....)
1. Um pacote de luva estéril
2. Um pacote de luva de procedimento
3. Sonda vesicalapropriada estéril
4. Frasco com povidine tópico
5. Lubrificante (xilocaína gel)
6. Acessório (quando houver necessidade)
7. Comadre coberta
8. Biombo
9. Material para lavagem externa
10. Seringa com água destilada
11. Extensão de sonda mais saco coletor
12. Esparadrapo ou micropole
13. agulha de aspiro

Procedimentos na Sondagem de Alívio Feminina
1. pacotede sondagem:
2. Reunir o material;
3. Cercar a cama com biombo;
4. Encaminhar a paciente para higiene íntima ou faze-la se necessário com água e sabão
5. Colocar o material na mesa de cabeceira e prender o saco de lixo;
6. Colocar a paciente em posição ginecológica, protegendo-a com um lençol;
7. Abrir com técnica asséptica o pacote de cateterismo sobre a cama entre as...
tracking img