Somador

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2992 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 10 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
Explorando o Active Directory com ASP.NET

Roosevelt dos Santos Júnior (FURB)
rooseveltdossantos@hotmail.com

Rafael Cechet (FURB)
rcechet@terra.com.br

Resumo. Este artigo descreve uma aplicação simples de como utilizar os serviços do Active Directory dos servidores Windows Server, utilizando a arquitetura .NET da Microsoft. A aplicação foi inteiramente desenvolvida em ASP.NET noambiente do Visual Studio 2008, utilizando-se a linguagem C#.

Palavras-chave: Active Directory, ASP.NET, LDAP, Microsoft .NET.

Introdução

Com o advento das redes corporativas, servidores e controle de permissões e segurança, cada vez mais a atividade de administradores de redes e afins vêm crescendo e aumentando proporcionalmente a dificuldade de trabalho destes profissionais.
Écomum vermos hoje em dia, vários cursos de certificação específicos nesta área, devido a esta demanda e o grau de complexidade com o qual é exigido.
Pensando nisso, vários fabricantes de sistemas operacionais, sistemas embarcados e outros, passaram a adotar em suas arquiteturas de estrutura de diretórios para relacionar usuários, grupos de usuários, permissões de acesso, etc., o protocoloLightweight Directory Access Protocol (LDAP), que tem por finalidade realizar o acesso a essas bases de informações. Essas bases de informações, ao qual será visto ao longo do artigo, chama-se Active Directory, que é um serviço de diretórios disponibilizado pelos sistemas operacionais da Microsoft para servidores, que tem por finalidade armazenar todas as informações sobre contas de usuários, grupos,computadores, políticas de segurança, etc.

Protocolo LDAP

O protocolo LDAP foi construído a fim de acessar informações de forma hierárquica. Todas as informações contidas em uma estrutura de árvore possuem um elemento raiz, por onde é iniciada a busca destas informações. E é deste ponto que as aplicações, de um modo geral, começam a percorrer os nós, com o objetivo de encontrar a informaçãodesejada.

Segundo Trigo (2007), o protocolo é muito leve e ficou comprovado que sua utilização resulta em menos recursos e memória alocados dos servidores. E devido a esse fato, tornou-se a rota de acesso ideal para serviços de diretório.

A estrutura da árvore segue algumas características herdadas do antigo padrão X.500, que utiliza alguns mnemônicos.

Para os diretórios, seguemos seguintes atributos:

|Atributo |Descrição |
|C |Para diretórios que representam países (do inglês country) |
|O |Para o nome da empresa (do inglês organization) |
|Ou|Para departamento (do inglês organizational unit) |

E para as entradas:

|Atributo |Descrição |
|Cn |Como atributo de nome (do inglês commom name) |
|Uid|Para identidade de usuário (do inglês user ID) |
|Gn |Para o nome próprio de uma pessoa (do inglês given name) |
|Sn |Para o sobrenome de uma pessoa (do inglês surname) |

Os atributos únicos queidentificam as entradas são denominados por DN (Distinguished Name – nome distinto). Este DN costuma ser a concatenação do seu atributo cn com os nomes de cada nível de diretório aonde ela se encontra no diretório (Trigo 2007, p. 23).

1 Tipos de informações

É possível armazenar, além de nomes, IDs e senhas, também fotos e e-mails.

Cada atributo da árvore possui um OID (object ID), que é...
tracking img