Solubilidades

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 14 (3310 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Solubilidade e condutividade das soluções

Componentes:
* Ádila Pinto Santos
* Marcella Rodrigues Carvalho
* Thaís Dantas
* Yolanda Andrade Maron de Freitas
* Bruna Guimarães

Salvador
2010

Instituição: Unifacs – Engenharia Química
Disciplina: Química Geral I
Professor: Selmo
Data: 23/04/2010

Solubilidade e condutibilidade das soluções

Relatório de pesquisa apresentado comopré-requisito parcial de avaliação para a disciplina de Química Geral I.

Componentes:

* Ádila Pinto Santos
* Marcella Rodrigues Carvalho
* Thaís Dantas
* Yolanda Andrade Maron de Freitas
* Bruna Guimarães






Salvador
2010

Sumário

Objetivo de experimento............................................4Introdução..................................................................5
Parte experimental.....................................................6
Resultados e discussões............................................9
Conclusão..................................................................11
Anexo.........................................................................12
Bibliografia.................................................................15



Objetivodo experimento:


* Constatar na prática que algumas substâncias são formadas por moléculas polares e outras por moléculas apolares. Verificar a solubilidade de alguns compostos, constatando que a natureza iônica, polar ou apolar, de uma substância influi na sua solubilidade em determinados solventes. Relacionar solubilidade com as interações intermoleculares.Introdução

As soluções são formadas por solventes, geralmente em maiores quantidades, e solutos, geralmente em menores quantidades. As soluções são classificadas de acordo com o estado de agregação das soluções, a proporção entre soluto e solvente, a natureza do soluto e solubilidade.
A solubilidade pode ser descrita como a capacidade de umasubstância se dissolver em outra. Esta capacidade, de dissolução de um sólido em um líquido é limitada, ou seja, existe um máximo de soluto que podemos dissolver em certa quantidade de um solvente. O grau de dissolução de um solvente dependente de vários fatores, a temperatura que a solução é formada, natureza das partículas do soluto e do solvente e a pressão, que influi principalmente nosgases. A capacidade de solubilidade em relação aos tipos de soluções pode ser dividida em três:
- Insaturada: é quando a capacidade máxima de dissolução do solvente é menor que a quantidade de soluto na solução.
- Saturada: é quando o limite de solubilidade de um soluto é atingido, existindo assim o equilíbrio da solução com o excesso de soluto.
- Supersaturada: é quando a quantidade de solutodissolvido é superior a necessária para a saturação, sendo, portanto uma solução instável e tende a voltar ao estado saturado precipitando o soluto.
A dissolução acontece quando um sólido é adicionado a um líquido para formar uma solução. Quando o soluto é adicionado começa o processo de destruição da estrutura do estado sólido e posteriormente as partículas do solvente “fixam” nas partículasdo soluto as dispersando. A facilidade com que isso ocorre depende da intensidade das forças de interação soluto-soluto, solvente-solvente e soluto-solvente. Geralmente solventes polares tendem a dissolver solutos polares, e solventes apolares a dissolver solutos apolares, mas há exceções.
A natureza do soluto é dividida em:
- Molecular: substancias nas quais os átomos são ligados por ligaçõescovalentes. A ligação covalente simples é quando há um compartilhamento dos pares eletrônicos dos átomos envolvidos na ligação. As substancias covalentes polares, em solução aquosa, têm suas moléculas rompidas pela ação da água, com formação de íons, num fenômeno denominado ionização. Desse modo, soluções aquosas de substancias covalentes polares são capazes de conduzir corrente elétrica. Já as...
tracking img