Solos

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1117 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 13 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
Universidade Nove de Julho


 
 
Relatório:
DETERMINAÇÃO DO LIMITE DE LIQUIDEZ E LIMITE DE PLASTICIDADE DOS SOLOS



Relatório apresentado à disciplina de ORIGEM E FORMAÇÃO DOS SOLOS do curso de Engenharia Civil da  Universidade Nove deJulho.Orientador: Raimundo  |





São Paulo
2013

Universidade Nove de Julho
 

 
Jonatas Luz Leal Sousa                                          RA: 2210201393
 
 
 
 
Sala:312 / Prédio: A / Período: Noturno / Campos: Santo Amaro

DETERMINAÇÃO DO LIMITE DE LIQUIDEZ E LIMITE DE PLASTICIDADE DOS SOLOS
Relatório apresentado como requisito parcial da disciplina de Origem e formação dos Solos doCurso de Engenharia Civil sob orientação do Professor Raimundo

*  INTRODUÇÃO
Este é o segundo ensaio da disciplina, tem por objetivo avaliar o limite de liquidez e limite de plasticidade dos solos.
Ensaio realizado no dia 25 de março de 2013 no laboratório de materiais de construção.
Estes ensaios prescrevem a norma NBR6459 correspondente ao Limite de Liquidez e a NBR 7180 correspondente aoLimite de Plasticidade.
Para preparo das amostras segue-se a norma da NBR 6457, onde descreve a sobre reparação de amostras para ensaios Limites de Plasticidade e Liquidez. Para início, coleta-se certa quantidade de amostra de solo, logo após, desmancha-se os torrões para haver uma homogeneização.

*  LIMITES DE LIQUIDEZ NBR-6459
É a quantidade de umidade do solo, onde o mesmo muda do estadolíquido para o estado plástico, ou seja, perde a sua capacidade de fluir.
*  LIMITES DE PLASTICIDADE NBR-7180
É o teor de umidade no qual o solo começa a se fraturar, quando se tenta moldar com ele um cilindro de 3mm de diâmetro e aproximadamente da largura da mão (10 cm) - MB-31.

*  EQUIPAMENTOS UTILIZADOS
Os equipamentos utilizados neste ensaio de Determinação de Limite de liquidez e Limite dePlasticidade foram os seguintes:
1 (uma) Balança de precisão para décimos de gramas.
1 (uma) Estufa para secagem completa dos C.Ps analisados neste ensaio
1 (uma) Recipiente de Porcelana
1 (uma) Espátula
1 (uma) Aparelho Casagrande
1 (uma) Cinzéis
Cápsulas para a Determinação da Umidade

*  PROCEDIMENTOS UTILIZADOS
*  Procedimentos segundo a NBR 6459/94 – Limite de Liquidez
1.Coloca-se parte da amostra de solo no recipiente de porcelana e aos poucos adiciona-se água a fim de se obter uma perfeita homogeneização da mistura, que deverá apresentar-se como uma massa plástica.
2. Passa-se para a concha do aparelho de Casagrande, certa quantidade dessa massa plástica de solo, espalhando-a, de modo que a mesma ocupe aproximadamente 2/3 da superfície da concha.
3. Alisa-se com aespátula a massa de solo, até que esta se apresente aproximadamente com 1 cm de espessura máxima (parte central da concha). É importante salientar que é necessário se empregar o menor número possível de passadas da espátula para evitar formação de bolhas de ar no interior da massa.
4. Faz-se com o cinzel uma ranhura no meio da massa de solo, segundo o plano de simetria do aparelho deCasagrande e no sentido de maior comprimento do aparelho.
5. Gira-se a manivela a uma velocidade de duas voltas por segundo, contando o número de golpes até que se constate o fechamento da ranhura num comprimento de 1.2 cm, quando se deve parar a operação.
6. Retira-se uma pequena quantidade de material no local onde as bordas da ranhura de tocaram para a determinação da umidade.
7. Transfere-se omaterial de volta ao recipiente de porcelana, adiciona-se mais um pouco d’água e repete-se o processo por mais quatro vezes, no mínimo.

*  Procedimentos segundo a NBR 7180/94 – Limite de Plasticidade
1. Coloca-se parte da amostra de solo no recipiente de porcelana e adiciona-se água até se obter uma massa bem homogeneizada, misturando-a continuamente com a espátula.
2. Com a pasta...
tracking img