Solo moles

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1831 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de setembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
TITULO PROVISÓRIO : Análise comparativa de ATERRO SOBRE SOLOS MOLES método tradicional e com geossinteticos.

1. Introdução
1.1 – O problema
Realizar aterro sobre camadas de solo moles que foi identificada pelo ensaio de SPT(standard penetration test) sondagem à percurssão para determinar qual a característica do material local. Na região norte do Brasil a presença de solo moleesta sempre presente, pois a trata-se de um solo transportado com presença de argila que e característica dos solos do município de Belém. O relevo do Estado apresenta-se com uma estreita área de planície, com atitude até 100 m, apenas ao longo do baixo Amazonas, constituída de sedimentos recentes resultantes da deposição de aluviões transportados pelos rios. A partir do distanciamento das margens do"grande rio" até cerca de 500 m, de altitudes, ocorrem as depressões, Formados por terrenos cristalinos e sedimentares que lhe deram origem, os solos paraenses apresentam-se com certa diversidade, sendo caracterizados especialmente, pela intensiva lixiviação (lavagem do solo pelas águas das chuvas) a que são submetidos. Pelas características geomorfológicas e climáticas da região, os solosparaenses podem ser classificados, genericamente, em solos de várzeas e de terra firme. Os solos de várzeas, localizados nas margens dos rios, são adubados e drenados naturalmente pelas enchentes periódicas. São ricos em húmus (matéria orgânica) devido às aluviões que se depositam nas suas margens. São originários, portanto, de terrenos sedimentares recentes (terciários e quaternários), hidromorfos egeralmente argilo-arenoso.o objeto de nosso estudo sendo Formação das argilas moles quaternárias.
• Solos moles:
– BAIXA resistência: SPT não superior a 4 golpes (porém, o SPT não é a melhor forma de se estudar a resistência de solos moles em campo!!!!)
– Fração argila: solo coesivo e compressível
– Argilas moles ou areias argilosas fofas, de deposição recente
– Em geral com matéria orgânica:cor escura e cheiro característico
(notas de aula Prof. Andrea sell Dyminski UFPR).
Causas – Falta de suporte da camada ou camadas subjacentes solo argiloso de mole a muito mole.

Consequência- .

• Do ponto de vista técnico:
– Estabilidade dos aterros logo após a construção: capacidade de suporte do solo.
– Recalques de aterros ao longo do tempo adensamento (primário e secundário)• Do ponto de vista construtivo:
– Tráfego dos equipamentos de construção
– Amolgamento da superfície do terreno, devido ao lançamento
do aterro;
– Riscos e ruptura durante a construção.
(notas de aula Prof. Andrea sell Dyminski UFPR).

1.2- Relevância
Vai abordar questões praticas na execução do serviço e tecer comparações entre o método Tradicional e comutilização de geossintéticos.
Livro; Aterro sobre solos moles. Autores; Marcio Almeida, Maria Marques

1.3- Delimitação- Últimos 2(dois) anos na malha do município de Belém.

2. Objetivos
3.1. – Objetivos Geral
Fazer comparação entre o método tradicional que e a retirada do material em profundidade de 2,5m e substituição do mesmo ou não se retira esta material e por cima dacamada primitiva coloca-se manta tipo HaTe 25x25 camada de areia com 60cm de espessura e geossintéticos do tipo fortrac 150x150 (geogrelha)
Para se alcançar o objetivo geral deve-se formular, passo a passo, os
objetivos específicos.
Estes também devem ser elaborados de forma clara e objetiva e,
alcançados coletivamente, devem contribuir para a definição dos resultados que sebuscam com a realização do estudo.
Constituem objetivos específicos do presente trabalho, os relacionados
a seguir.

2.2.- Objetivos Específicos.
Contribuir para melhor execução em solos de baixa capacidade de suporte.- Apresentar as principais características da execução do aterro sobre solos moles com a substituição do solo ate uma espessura de 2,5 metros de profundidade e...
tracking img