Solo amazônico

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2634 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 30 de maio de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS CURSO TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE GEOLOGIA AMBIENTAL

CLASSES, FORMA E USO DO SOLO NO MUNICÍPIO DE MANAUS

INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS CURSO TÉCNICO EM MEIO AMBIENTE GEOLOGIA AMBIENTAL

MARIA ISABEL DE ARAÚJO

CLASSES, FORMA E USO DO SOLO NO MUNICÍPIO DE MANAUS
Trabalho de pesquisaapresentado a disciplina de Geologia Ambiental, do curso Técnico em Meio Ambiente do Instituto Federal de Educação Ciência e Tecnologia do Amazonas, sob orientação da Mestra Ana Maria Alves Pereira.
Manaus/AM Jul. 2010

Sumário
INTRODUÇÃO
Desenvolvimento Classe e Forma do solo:
- Aspectos Geológicos
- Litoestratigrafia - Cretáceo
- Formação Álter do Chão
- Neógeno
- Formação Novo Remanso- Depósitos Aluviais e Coluviais
- Laterização
- Movimentações Neotectônicas
- Formas de relevo aluviais
Uso do solo
CONCLUSÃO
BIBLIOGRAFIA

INTRODUÇÃO O complexo ecossistema e biodiversidade encontrados na Amazônia foram influenciados pela dinâmica dos grandes rios. Desde o processo de reversão do rio Amazonas para leste no Neógeno, devido ao contínuo soerguimento dos Andes iniciadono Cretáceo o relevo tem sido modificado drasticamente. Barreiras geográficas relacionadas aos altos estruturais das bacias amazônicas teriam conferido rearranjos da rede de drenagem, induzidos em parte pelas movimentações neotectônicas. A alternância climática de condições mais úmidas e secas tem propiciado o desenvolvimento de perfis lateríticos que sustentam platôs desde o início do Neógeno. Oentendimento das consequências destes mecanismos na paleogeografia e principalmente na modificação da paisagem da região pode fornecer respostas para as sucessivas readaptações da fauna e flora amazônica que resultaram na biodiversidade atual. Muitos trabalhos têm considerado a influência do meio físico neste processo, mas poucos investigaram as características da paisagem e seus fatorescontroladores.

DESENVOLVIMENTO CLASSE E FORMA DO SOLO A região de Manaus representa um dos melhores exemplos para estudo de modificações da paisagem ocorridas desde o Neógeno. Além de situar-se geograficamente entre dois grandes rios, o Negro e o Amazonas, abrange depósitos sedimentares que guardam a história geológica-geomorfológica da região, dentre os quais destacam-se os depósitos coluviais.Entretanto, ao passo que a sedimentação fluvial quaternária tem sido amplamente enfocada, ainda é escasso o conhecimento dos eventos de sedimentação coluvial e de ordenação stratigráfica dos depósitos cenozóicos. Além disso, a relação entre os eventos de sedimentação e as movimentações neotectônicas ainda não foi completamente estabelecida. Assim, esta pesquisa visou identificar os mecanismos que atuaramna configuração geomorfológica da região de Manaus, a partir do reconhecimento e caracterização dos depósitos sedimentares associados aos levantamentos estruturais e análises geomorfométricas.

Figura 3.1: Parte superior da carta estratigráfica da Bacia do Amazonas (adaptado de Cunha et al. 1994), representada pelas formações Solimões e Alter do Chão. Foram adicionadas as unidades cenozóicassobrepostas à bacia, constituídas pela Formação Içá (cf. Maia et al. 1977), Formação Novo Remanso e Depósitos aluviais quaternários (cf. Rozo et al. 2005).

ASPECTOS GEOLÓGICOS - LITOESTRATIGRAFIA As rochas mais antigas da região de Manaus são de idade cretácea, pertencentes à Formação Alter do Chão (Figs. 3.1 e 3.2A), que juntamente com a Formação Solimões es constitui o Grupo Javari. Depósitosarenosos neógenos associados a crostas ferruginosas ocorrem estritamente na porção sul de Manaus, sob a denominação informal de Formação Novo Remanso, posicionada no Mioceno médio a superior. Depósitos arenosos, posicionados no Pleistoceno, estão descritos nas margens do rio Amazonas e nas adjacências do Arco de Purus e incluídos na Formação Içá, também considerada uma unidade litoestratigráfica...
tracking img