Soldangem por arco submerso

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 11 (2514 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 8 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
O processo Arco Submerso foi desenvolvido nos EUA em 1935 para atender as necessidades de maior produtividade e qualidade na indústria de construção naval. Durante a Segunda Guerra Mundial iniciou-se a expansão do uso do processo, tendo mantido suas características básicas operacionais, porém com modificações destinadas a atender os requisitos de novos tipos de materiais e aplicações. Oprocesso Arco Submerso possui esta denominação devido ao fato de o arco elétrico e do metal fundido permanecerem sempre cobertos por uma camada protetora de material granular conhecida como fluxo.

Definição:

Soldagem por arco submerso é um método no qual o calor requerido para fundir o metal é gerado por um arco formado pela corrente elétrica passando entre o arame de soldagem e a peça detrabalho. A ponta do arame de soldagem, o arco elétrico e a peça de trabalho são cobertos por uma camada de um material mineral granulado conhecido por fluxo para soldagem por arco submerso. Não há arco visível nem faíscas, respingos ou fumos.



Vantagens do processo:

elevada velocidade de soldagem;
maiores taxas de deposição;
boa integridade do metal de solda;
processo de fáciluso;
melhor ambiente de trabalho e maior segurança para o operador.

Limitações do processo:

O processo de soldagem por arco submerso é limitado às posições de soldagem plana e horizontal em ângulo.

Elementos da soldagem por arco submerso:

Cinco elementos estão presentes na execução de uma solda por arco submerso:
calor gerado pela passagem de uma corrente elétrica através de umarco;
arame para soldagem — consumível;
as peças a serem soldadas;
fluxo para arco submerso - um composto mineral granulado para soldagem;
o movimento relativo entre o cabeçote de soldagem e as peças de trabalho.

Variantes do processo:

Corrente de soldagem: correntes até 2.000 A, CA ou CC, com um único arame.
Voltagem do Arco
Espessuras: soldagem monopasse até 16mm de espessura e soldagem multipasse sem limite de espessura.
Velocidade de soldagem: até 400 cm/min com um único arame. Maiores velocidades podem ser alcançadas com vários arames na mesma poça de fusão.
Posição: a alta corrente de soldagem aliada ao alto porte térmico cria uma grande poça de fusão. Sob tais condições, as soldas devem ser mantidas na horizontal para evitar escorrer.Soldas com pequenas poças de fusão podem ser inclinadas por até 15° da horizontal sem grande dificuldade. Se o tamanho dos passes for limitado, soldas horizontais podem ser executadas em superfícies verticais, desde que seja providenciado um suporte adequado para o fluxo.

Seqüência geral de atividades:

1)Ajuste do equipamento de soldagem

O cabeçote de soldagem deve ser montado emconformidade com as instruções fornecidas.
O cabeçote, o painel de controle e o carretel são montados em um dispositivo móvel.
O caminho a ser percorrido pelo equipamento deve estar livre e disponível.
A fonte de soldagem é conectada à rede elétrica. São conectadas, através de cabos elétricos, a fonte de soldagem ao cabeçote e à peça de trabalho.

2)Preparação das peças de trabalhoDetermina-se o tipo de junta mais adequado para a solda a ser executada. Preparam-se e limpam-se as regiões a serem soldadas.
Se aplicável, coloca-se o cobre-juntas.
As peças a serem soldadas são colocadas em posição para soldagem. Normalmente elas são ponteadas ou presas por dispositivos auxiliares para mantê-las na posição desejada.

3)Preparação para a soldagem

Cada elemento dasoldagem por arco submerso tem um efeito sobre a solda concluída. Os valores para a tensão e corrente de soldagem, a composição e o diâmetro do arame de soldagem para o tipo de junta escolhida e o material a ser soldado são determinados das tabelas aplicáveis. É responsabilidade do operador ajustar e verificar as condições adequadas de soldagem e ajustar o equipamento para manter as condições...
tracking img