Soldagem

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 77 (19004 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 9 de março de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Seu parceiro em Soldagem e Corte

ARAMES TUBULARES OK

ÍNDICE

INTRODUÇÃO .......................................................................................... 1 O PROCESSO DE FABRICAÇÃO DOS ARAMES TUBULARES OK ..................... 4 TIPOS DE ARAMES TUBULARES OK ........................................................... 9 O PROCESSO DE SOLDAGEM COM ARAMES TUBULARES OK..................... 26 MODOS DE TRANSFERÊNCIA DO METAL DE SOLDA .................................... 30 APLICAÇÕES DE ROBÓTICA .................................................................... 37 QUALIDADE DO METAL DE SOLDA ............................................................ 43 DICAS OPERACIONAIS ............................................................................ 52 TÉCNICAS DE SOLDAGEM....................................................................... 71 RECOMENDAÇÕES ................................................................................ 79 DEFEITOS NA SOLDAGEM – CAUSAS E SOLUÇÕES .................................... 81 DADOS PRÁTICOS DE SOLDAGEM ........................................................... 84 ESPECIFICAÇÕES ASME / AWS............................................................ 90 BIBLIOGRAFIA ..................................................................................... 101

Elaborado, traduzido (parte) e adaptado por Cleber Fortes – Engenheiro Metalúrgico, M.Sc. Assistência Técnica Consumíveis – ESAB BR Revisado por Welerson Araújo – Engenheiro Metalurgista, M.Sc. Desenvolvimento e Pesquisa – ESAB BR Última revisão em 7 de maio de2004

ARAMES TUBULARES OK

Introdução

Os arames tubulares OK foram desenvolvidos principalmente para atender à necessidade de as empresas manterem sua competitividade, através do aumento da produtividade e da redução de custos. Arames tubulares com gás de proteção para a soldagem de aços carbono foram desenvolvidos no início da década de 50, e tornaramse comercialmente disponíveis em1957. Nas décadas de 60 e 70 foi observado um substancial crescimento desse processo nos Estados Unidos, o mesmo ocorrendo no Japão na década de 80. Em 1991 a ESAB Brasil incorporou em sua fábrica uma unidade de produção de arames tubulares OK, e em 2003 foi instalada sua terceira unidade. Esse processo foi desenvolvido para combinar as melhores características da soldagem por arco submerso e asoldagem empregando o dióxido de carbono (CO2) como gás de proteção. A combinação dos ingredientes do fluxo no núcleo do arame tubular aliada à proteção externa proporcionada pelo CO2 produz soldas de alta qualidade e um arco estável com um baixo nível de respingos. Inicialmente esses arames estavam disponíveis somente em grandes diâmetros (2,0 mm a 4,0 mm) e eram empregados nas posições plana ehorizontal na soldagem de peças pesadas. Em 1972 foram desenvolvidos arames tubulares de pequeno diâmetro, constituídos de fluxo não metálico (flux-cored wires), para a soldagem em todas as posições, e isso aumentou sobremaneira o campo de aplicações para os arames tubulares. Arames tubulares autoprotegidos (self-shielded wires) tornaramse disponíveis logo após a introdução dos arames tubulares com gás 1 ARAMES TUBULARES OK de proteção externa, e ambos ganharam larga aceitação para aplicações específicas na indústria. Na soldagem com arames tubulares são empregados invólucros metálicos com um pó em seu interior em vez de arames sólidos para unir metais ferrosos. O fluxo em seu interior pode conter minerais, ferros-liga e materiais que forneçam gases de proteção, desoxidantes e materiaisformadores de escória. Os ingredientes do fluxo promovem estabilidade ao arco, influenciando nas propriedades mecânicas do metal de solda, bem como no perfil da solda. Muitos arames tubulares são desenvolvidos para serem usados com uma proteção externa adicional. Os gases ricos em CO2 são os mais comuns. O metal de solda pode ser depositado a taxas de deposição maiores, e os cordões de solda podem...
tracking img