Solda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 10 (2353 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de fevereiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
MEDIDAS PREVENTIVAS NO TRABALHO À QUENTE

Alessandra Cardoso Alencar

RESUMO:

Esta pesquisa situa-se no campo de investigação da educação técnica, vinculada à linha cultural dos processos educacionais na área de segurança do trabalho, abordando especificamente, sobre as doenças ocupacionais provocadas pelo trabalho com solda e medidas de controle para obter uma condição de trabalho maisseguro. O estudo elucida riscos à saúde aos quais o empregado está exposto durante sua jornada de trabalho, aborda alguns tipos de doenças desencadeadas pela função e relata quais os equipamentos devem ser utilizados como medidas de controle na redução dos impactos ambientais provocados pelo atividade. Para discorrer sobre a temática, o método adotado parte de pesquisas existentes na área de doençasdo trabalho e tecnologias desenvolvidas para redução das mesmas.
Palavras chave: Doenças Ocupacionais – Solda – Medidas Preventivas

INTRODUÇÃO:

Como discentes da UNICAT - União da Gestão do Conhecimento de Catalão, mais especificamente do Curso de Técnico em Segurança do Trabalho, buscamos por relatar os danos à saúde, as doenças ocupacionais existentes no ambiente onde se executa aatividade de solda, bem como as medidas de controle que podem ser utilizadas na redução dos agentes prejudiciais à saúde do trabalhador, pois muitas são as preocupações na área de segurança do trabalho, porque em toda parte há riscos e perigos e muitas vezes nos sentimos perdidos sem saber ao certo para que lado devemos ir primeiro. Obviamente não há uma receita única aplicável a todos os casos etipos de empresas. Vale mesmo o velho bom senso aliado ao conhecimento técnico.
No que diz respeito ao conhecimento técnico, não é de hoje que ressentimos a falta de boas fontes de consulta; a literatura destinada à prevenção de acidentes é ainda muito restrita e dentre as poucas existentes a grande maioria ainda peca pelo conteúdo essencialmente teórico de difícil aplicação no dia a dia.
Nestesentido é importante lembrar algumas coisas. A primeira delas é que toda empresa quer ter uma "imagem" de empresa segura - ate ai nada contra - desde que não fique apenas na imagem. Com isso quero dizer, que algumas empresas tentam transformar o profissional de segurança do trabalho num verdadeiro "Vendedor de Ilusões". Querem fazer crer que há segurança no local de trabalho apenas enchendo as paredese quadros de cartazes; realizando as tais "palestras" onde se tenta convencer o trabalhador de que os acidentes ocorrem meramente por sua culpa quando na verdade o local de trabalho e suas condições impróprias são as verdadeiras causas de acidentes. Logo em seguida, impõe ao profissional técnico funções policialescas, transferindo a responsabilidade da prevenção e os conflitos dos supervisorespara os ombros do profissional de segurança. Obviamente, o profissional de segurança que tal como todos demais, precisa do emprego, acaba se sujeitando a tais situações - e não deve ser diferente já que se não o fizer outra com certeza o fará. Deve, no entanto, zelar para que não percam de vista os objetivos reais de seu trabalho e saber de dentro destas adversidades ir aos poucos buscando seuverdadeiro espaço com muita habilidade e tato. Na verdade, empresas que agem desta forma são "doentes no tocante a prevenção" e precisam muito dos préstimos lúcidos de profissionais prevencionistas.
Nessa perspectiva então abordaremos essa temática com intuito de oferecer subsídios para os profissionais de segurança optar pela implantação de dispositivos que minimizem os riscos ocupacionais geradospelo trabalho com solda, apontando os fatores de riscos e também as medidas preventivas eficazes na redução e eliminação dos agentes prejudiciais a saúde dos trabalhadores.

Fator de Riscos à Saúde

Segundo Centurion (2003), os riscos ambientais são capazes de causar danos à saúde e à integridade física do trabalhador devido a sua natureza, concentração, intensidade, suscetibilidade e tempo...
tracking img