Solda

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 8 (1858 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
INSTITUTO FEDERAL DE EDUCAÇÃO, CIÊNCIA E TECNOLOGIA DO AMAZONAS
CAMPUS MANAUS CENTRO

DEFEITOS NA SOLDAGEM
ELETRODOS REVESTIDOS

Manaus-AM
2012

Auxiliadora Maria Gonzaga da Silva
Luzia Claudia Freitas Guimarães
Mariana de Macedo Leite

DEFEITOS NA SOLDAGEM
ELETRODOS REVESTIDOS










Trabalho a ser apresentado para oprofessor Marcelo Gama para obtenção de nota parcial na disciplina de Tecnologia da Soldagem do curso de Engenharia Mecânica do IFAM.












Manaus-AM
2012




DEFEITOS NA SOLDAGEM COM ELETRODO REVESTIDO


1) INTRODUÇÃO

A Soldagem é o processo de união de materiais (particularmente os metais) mais importante do ponto de vista industrialsendo extensivamente utilizada na fabricação e recuperação de peças, equipamentos e estruturas. A sua aplicação atinge desde pequenos componentes eletrônicos até grandes estruturas e equipamentos (pontes, navios, vasos de pressão). Existe um grande número de processos de soldagem diferentes, sendo necessária a seleção do processo (ou processos) adequado para uma dada aplicação.

2) ELETRODOREVESTIDO

O processo de soldagem por arco elétrico com eletrodo revestido consiste, basicamente, na abertura e manutenção de um arco elétrico entre o eletrodo revestido e a peça a ser soldada.
O arco funde simultaneamente o eletrodo e a peça. O metal fundido do eletrodo é transferido para a peça, formando uma poça fundida que é protegida da atmosfera (O2 e N2) pelos gases decombustão do revestimento.
O metal depositado e as gotas do metal fundido que são ejetadas recebem uma proteção adicional através do banho de escória, que é formada pela queima de alguns componentes do revestimento.


3) DEFEITOS NA SOLDAGEM

Apesar do trabalho do soldador ser voltado para a não execução de defeitos, estes eventualmente vêm a ocorrer. Alguns deles sãocaracterísticos do processo devido a sua própria natureza. Os defeitos e dificuldades mais característicos da soldagem com eletrodos revestidos são comentados a seguir:

a) Porosidades

As principais causas operacionais de formação de porosidade (figura 1) estão relacionadas com as contaminações de sujeira, oxidação e umidade, na superfície do metal de base e consumíveis de soldagem.Figura 1 – Porosidade
Fonte: SENAI
Consequências:
• Sua presença deixa a solda frágil e sem resistência;
• muitas vezes esse problema ocorre no interior da solda e não pode ser detectável através de inspeção visual.

Causas da ocorrência:
• peça suja, enferrujada ou úmida;• corrente de soldagem incorreta;
• velocidade de soldagem muito alta;
• distancia muito alta do eletrodo a peça;
• polaridade incorreta;
• eletrodo úmido.



Método de correção:

• limpar as superfícies a serem soldadas com lixadeira ou escova de aço para remover de forma efetiva a ferrugem presente;
• verificar junto ao fabricante do eletrodo a faixa de corrente adequadapara a bitola em uso, geralmente esta informação esta presente na embalagem;
• soldar com eletrodo mais próximo da peça;
• verificar a polaridade indicada para ser usada com aquele eletrodo;
• acondicionar de forma adequada os eletrodos.



Identificação em campo:
Esse tipo de falha, raras às vezes poderão ser detectados a vista desarmada, porém alguns casos como apresentadosna figura 2 são possíveis de acontecer.





Figura 2 – Porosidade em junta soldada





b) Mordeduras

Esta descontinuidade tem como característica a formação de depressão, gerando entalhes no pé do cordão, isto é, entre o metal de base do cordão de solda (figura 3). A existência de mordeduras significa redução da seção...
tracking img