Soja transgenica

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1267 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 12 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ




















A cultura transgênica de soja e suas implicações sócio-ambientais



















PARANAGUÁ
2012



ROGER WILLIAN DE OLIVEIRA FALAVINE











A cultura transgênica de soja e suas implicações sócio-ambientais



Projeto de Pesquisa apresentado ao curso técnico de agroecologia,do Instituto federal Paraná- IFPR, como requisito de avaliação da Disciplina de metodologia cientifica.

Prof. Emerson Tonetti

















PARANAGUÁ
2012







02


Tema:

A cultura transgênica de soja e suas implicações sócio-ambientais


Problema de pesquisa:

A soja transgênica tem possibilitado a melhoria da agricultura, ou será que ela estáprejudicando o meio-ambiente?



























03

JUSTIFICATIVA


No presente mundo globalizado onde as economias se interligam, as questões dos alimentos estão cada vez mais urgentes uma vez que a demanda pela alimentação está cada vez maior. É nesse contexto que as plantações transgênicas estão mais presentes no nosso dia-a-dia, uma vez que esses produtostêm como objetivo uma melhor resistência a pragas e uma maior produtividade. A pesquisa sobre os produtos transgênicos importa à grande parte da população mundial, já que a mesma é a maior beneficiada; sendo a maior consumidora desses produtos.


























04

OBJETIVO GERAL



Esse trabalho visa demonstrar que os alimentos transgênicos, sãouma realidade na agricultura mundial e que não podem mais ser desprezados.




OBJETIVOS ESPECÍFICOS


• Verificar o real impacto ambiental que essas culturas causam.
• Verificar as possíveis doenças causadas no homem.
• Avaliar a relação custo-benefício desse tipo de cultura.
• Avaliar qual o futuro da cultura dos transgênicos no Brasil e no mundo.

















05HIPÓTESES

Acredita-se que Soja transgênica é um termo genérico utilizado para se referir à soja que contém um ou mais genes transferidos através do processo de transformação genética. As características desta soja variam, de acordo com o gene que foi introduzido. Supõem-se que até os anos 40, a soja transgênica foi cultivada principalmente em instituições de pesquisa, com finsexperimentais e por colonos japoneses, em pequena escala. A partir de então, começou a ganhar certa importância como alimento de animais e ocorreram as primeiras exportações, em 1949, no estado do Rio Grande do Sul. Deduzem-se que atualmente, o Brasil é o segundo maior exportador ficando atrás dos Estados Unidos que em 2009 colheu uma safra recorde estimada em 67,9 milhões de toneladas e temcontado com uma boa demanda externa. Em discussão entre cientistas, defensores dos transgênicos, e as organizações de defesa do meio ambiente, são levantados pontos que ainda não possuem um resultado científico conclusivo.
Entende-se que os que estão a favor da soja transgênica dizem que pelo que se conhece até hoje o que pesa é a melhor adaptação às mais diferente característicasde solo e variação de temperaturas, ou seja, o transgênico é mais resistente às tradicionais e assim a agricultura pode aumentar a produção e ter menores custos. E os que estão contra a produção e a comercialização da soja geneticamente modificada acreditam que junto com as pragas e ervas daninhas que buscam eliminar com a aplicação do glifosato o transgênico pode prejudicar populaçõesbenéficas à agricultura, como animais e outras plantas.
E ainda sem estudos conclusivos quanto aos riscos à saúde e ao meio-ambiente, pesa contra os transgênicos a possibilidade de se plantarem grandes áreas de monocultura, com poucas variedades da mesma espécie.
06
DESENVOLVIMENTO


Todo organismo que tem o seu código genético alterado por inserção de um gene de outro ser vivo é...
tracking img