Sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1552 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de dezembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
SOCIOLOGIA

A SOCIEDADE DOS INDIVÍDUOS

1. INTRODUÇÃO
A SOCIEDADE DOS INDIVIDUOS
- O que vem primeiro, o individuo ou a sociedade?
- Os indivíduos moldam a sociedade ou a sociedade molda os indivíduos?
- Podemos dizer que indivíduos e sociedade fazem parte da mesma trama, tecida pelas relações sociais. Não há separação entre eles.
- Os humanos nascem e passam a vida emsociedade pela simples razão de necessitar dos outros para viver.
- O fato de necessitarmos dos outros significa que não temos autonomia?
- Até que ponto temos a liberdade para decidir e agir?
- Até que ponto somos condicionados pela sociedade?
- A sociedade nos obriga a ser o que não queremos?
- E nós, podemos mudar a sociedade?
- Para responder essas questões, ossociólogos desenvolveram alguns conceitos, como:
o Socialização
o Instituição
o Hierarquia
o Poder
- Esses conceitos geraram uma diversidade de análises. Algumas das principais serão examinadas por nós ao longo de nosso estudo anual sobre a Sociologia.
2. O INDIVÍDUO, SUA HISTÓRIA E A SOCIEDADE.
- O indivíduo como coletividade: Da Antiguidade à IdadeMédia
o O indivíduo nunca teve tanta força como nos dias atuais. Ao analisarmos as sociedade ao longo da história, vemos que somente nas sociedades modernas é que a noção de indivíduo ganhou importância.
o Entre os povos antigos, pouco valor era dado à pessoa única. A importância do indivíduo estava contida no grupo social a que pertencia:
▪ Família▪ Estado
▪ Clã
▪ Etc.
o Ao analisarmos as sociedades tribais, indígenas, bem como as da antiguidade, grega e romana, e a medieval: apesar das diferenças naturais entre os indivíduos, não havia como pensar em alguém desvinculado de seu grupo.
- O início da noção de individuo: Modernidade – séc. XVI
o A noção de indivíduo veio à tona eganhou força com a Reforma Protestante, no século XVI.
o Esse movimento religioso definia:
▪ O homem como um ser individual, criado à imagem e semelhança de Deus, com quem podia se relacionar sem a necessidade de interferência de intermediários, no caso a igreja Católica e seus clérigos.
o Com o Protestantismo o ser humano, individualmente passa a ter “poder”.
-A consolidação da idéia de indivíduo – Modernidade – séc. XVIII
o Com o desenvolvimento do capitalismo e do pensamento liberal, a idéia de indivíduo e de individualismo se firmou definitivamente, pois se colocava a felicidade humana no centro das atenções.
▪ Não se tratava da felicidade como um todo, mas apenas de sua expressão material.
▪ O que importavaera o fato da pessoa ser proprietária de bens, de dinheiro ou apenas de seu trabalho.
o No século XIX essa visão estava consolidada na sociedade capitalista.


- Como nós, indivíduos e a sociedade nos tornamos uma só engrenagem?
o Para investigar essa questão a sociologia lança mão de um importante conceito:
▪ A Socialização.
o Analisaremos asocialização um pouco mais à frente, no capítulo a seguir.
o A socialização acontece com a:
▪ Família – início.
▪ Escola
▪ Meios de comunicação
▪ Comunidade do bairro
▪ Igreja
▪ Grupos que freqüentam o clube.
▪ Participação nas festas populares, etc.
o Afinal, nossodia-a-dia é pontuado por relações que não se restringem a um único espaço, nem ao bairro ou à cidade em que nascemos e vivemos.
3. NOSSAS ESOLHAS, SEUS LIMITES E REPERCUSSÕES.
- Ao nascermos já encontramos prontos:
o Valores
o Normas
o Costumes
o Práticas sociais
o Uma forma de produção material que segue determinados parâmetros.
- A)...
tracking img