Sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 12 (2956 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 26 de abril de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
[pic]


SISTEMA DE ENSINO PRESENCIAL CONECTADO
ADMINISTRAÇÃO

ELISANE MENESES DE ASSIS















sociologia
PRODUÇÃO TEXTUAL

















SETE LAGOAS
2009




ELISANE MENESES DE ASSIS

















sociologia
PRODUÇÃO TEXTUAL









Trabalho apresentado ao Curso Administraçãoda UNOPAR - Universidade Norte do Paraná, para a disciplina Sociologia


Prof. Wilson Sanches








SETE LAGOAS

2009



1- Carlos Martins afirma:”a sociologia constitui em certa medida uma resposta intelectual às novas situações colocadas pela revolução industrial” . Quais eram estas novas situações?

Após a década de 50, foiatribuída uma nova função à sociologia: conter o avanço socialista. E os novos estudos empíricos impossibilitavam uma compreensão da vida social. Portanto, a sociologia nos dias atuais é uma ferramenta de ação ativa contra os valores e poderes vigentes, para que se possua uma sociedade igualitária e justa.
Como resposta intelectual ao surgimento das inovações iluministas e doproletariado, a sociologia inicial buscava ligar-se aos movimentos de reforma conservadora, os quais tentavam instaurar um estado de equilíbrio na sociedade. Além dessa sociologia moldada nas inspirações positivistas. Os não possuidores dos meios de produção irão basear-se em um referencial teórico para levar adiante as lutas de classes. Assim, nesse sentido, a sociologia ultrapassa o significado de merastentativas de reflexão e passa a ter intenções interferentes e práticas. 
O antagonismo existente na sociedade capitalista, ao impedir um consenso entre os sociólogos quanto ao objeto e aos métodos de investigação, possibilitou a formação de distintas sociologias. Saint-Simon (1760-1850) é saudado como um dos fundadores do positivismo. Ele acreditava que o progresso econômico docapitalismo contribuiria para a coesão social, no entanto, não ocultou a crença de que as melhorias na vida dos trabalhadores deveria ser iniciativa da elite. Desse modo, Engels viu nas idéias de Saint-Simon o germe de futuras idéias socialistas.
Auguste Comte (1798-1857) deve suas principais idéias a Saint-Simon. Considerado um pensador inteiramente conservador, julgava necessáriorestabelecer a ordem juntamente com o progresso para a construção de uma nova sociedade mais equilibrada. Também para Durkheim (1858-1917) a questão da ordem social era uma preocupação constante e ocupou-se em definir o objeto de estudo da sociologia, assim como estabelecer seu método de investigação. Ele deu devida importância à divisão do trabalho na sociedade e considerava a ausência de regrasclaramente estabelecidas como a causa da anomia social.
Se a preocupação fundamental do positivismo era a preservação da ordem capitalista, o socialismo surge como a proposta de uma crítica radical a esse sistema. Os dois pensadores que se destacaram na ideologia socialista foram Marx (1818-1883) e Engels (1820-1903). Ambos deixaram um importante legado às ciências sociais: a aplicação domaterialismo dialético ao estudo dos fenômenos da sociedade. A busca de uma neutralidade científica por Max Weber (1864-1920) tentava isolar a sociologia dos movimentos revolucionários, pois, para ele, não possuía fundamento admitir que a economia  dominasse as demais esferas da realidade social. Weber também apresentou estudos sobre a burocracia estatal e a importância da ética protestante parao sucesso do capitalismo.
O trabalho desses pensadores forneceu uma imagem do conjunto da sociedade da época, assim como contribuíram brilhantemente para o entendimento do que há de ligação entre a biografia dos homens e os processos históricos. Durante as três primeiras décadas deste século,embora a burguesia já demonstrasse seu lado conservador, a burocratização da sociologia...
tracking img