Sociologia

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1235 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 28 de novembro de 2011
Ler documento completo
Amostra do texto
CULTURA DE MASSAS NO SÉCULO XX – RESUMO

Um terceiro problema:

A cultura e a vida privada nunca haviam entrado a tal ponto no circuito comercial e industrial: música, filmes, que são fabricados industrialmente e vendidos comercialmente. Essas novas mercadorias são as mais humanas de todas – amores, medos, fatos variados do coração e da alma.
Terceira cultura é oriunda da: imprensa,cinema, rádio, televisão, e surge, desenvolve, projeta ao lado das culturas clássicas – religiosas ou humanistas – e nacionais.
Cultura de massa é produzida segundo as normas maciças da fabricação industrial; propaganda pelas técnicas de difusão maciça, se destinado a uma massa social. Privilegia excessivamente um dos núcleos da vida social: burocratas, capitalistas, burgueses... Ela se acrescenta àcultura: nacional, humanista, religiosa e entra em concorrência com estas culturas. A cultura de massa integra numa realidade policultural.
Uma cultura orienta, desenvolve, domestica certas virtualidades humanas, mas inibe ou proíbe outras. Há de um lado, uma “cultura” que define, em relação à natureza, as qualidades propriamente humanas do ser biológico chamado homem, e, de outro lado culturasparticulares segundo as épocas e as sociedades.
Cultura constitui um corpo complexo de normas, símbolos, mitos e imagens que penetram o indivíduo em sua intimidade, estruturam os instintos, orientam as emoções.

Crítica dos intelectuais

Os intelectuais atiram a cultura de massa nos infernos infraculturais. Foi a partir da vulgata marxista que se delineou uma crítica de “esquerda”, queconsidera a cultura de massa como barbitúrico ou mistificação deliberada (o capitalismo descia as massas de seus verdadeiros problemas) Mas profundamente marxistas é a crítica de nova alienação da civilização burguesa: na falsa cultura e alienação do homem não se restringe apenas ao trabalho, mas atinge o consumo e os lazeres.
Não são os intelectuais que fazem essa cultura; os primeiros autores defilmes eram estrangeiros, os jornalistas se desenvolveram fora das esferas gloriosas da criação literária; rádioe televisão foram o refugio dos jornalistas ou comediantes fracassados. È certo que progressivamente os intelectuais foram atraídos. Muitos encontraram ai uma profissão, mas estes intelectuais são empregados pela indústria cultural.
Não é só uma apoliação que sofre a inteligentsia. Étoda uma concepção da cultura, arte, que é achincalhada pala intervenção das técnicas industriais, como pela determinação mercantil e a orientação consumidora da cultura de massa. A relação da inteligentsia é contra o imperialismo do capital e o reio do lucro.
O produto cultural está estritamente determinado por seu caráter industrial de um lado, seu caráter de consumação diária de outro, sempoder emergir para a autonomia estética.

Método

O método da totalidade engloba o método autocrítico porque tende não só a encarar um fenômeno em suas interdependências, mas, também, a encarar o próprio observador no sistema de relações.

O grande público

Sincretismo é a palavra mais apta para traduzir a tendência a homogeneizar sob um denominador comum a diversidades dos conceitos.O sincretismo tende a unificar numa certa medida os dois setores doa cultura industrial: o setor de informação e o setor do romanesco. No setor da informação, é muito procurado o sensacionalismo. Tudo que na vida real se assemelha ao romanesco ou ao sonho é privilegiado. Mais que isso, a informação se reveste de elementos romanescos, freqüentemente inventados, ou imaginados pelos jornalistas. Acultura de massa é animada por um duplo movimento do imaginário arremedando o real e do real pegando as cores do imaginário. Esse sincretismo se refere na busca do máximo de consumo e dão à cultura de massa um de seus caracteres fundamentais.

O novo público

Pode-se constatar que o setor mais dinâmico, mais concentrado da indústria cultural é ao mesmo tempo aquele que efetivamente criou e...
tracking img