Sociologia e o mundo moderno

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 6 (1347 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 29 de novembro de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Grupo:

Nome: RA:
- Bruna Elen Ciuldin - 110015810
- Eduardo Carbonari - 120002428
- Gabriela Guarnieri - 120001260
- Henrique Piemonte - 120003883
- Lucas B. de Oliveira - 120001675

Turma: 2º semestre C de 2012 de Administração – Noturno.
Título: A sociologia e o mundo moderno

Bibliografia do texto: IANNI, Octavio. Sociology and the Modern World. TempoSocial; Ver. Sociol. USP, São Paulo, 1(1):7-27, I.sem. 1989.

Biografia do autor: Octavio Ianni nasceu em Itu, dia 13 de Outubro de 1926, e faleceu de câncer com 77 anos, dia 4 de Abril de 2004. Foi um sociólogo brasileiro formado pela antiga Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras da Universidade de São Paulo (USP), onde fez também o mestrado e doutorado.
Um dos fundadores do Centro Brasileirode Análise e Planejamento (CEBRAP). Aposentado compulsoriamente teve seus direitos políticos cassados pelo AI-5 em 1969. Somente voltou a lecionar no Brasil em 1977 na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Exerceu sua profissão também no México, Estados Unidos, Espanha e Itália.

Ideias:

1ª- “Compromisso” da sociologia com o mundomoderno formado com o desenvolvimento do capitalismo.
2ª- As correntes da sociologia.
3ª- Octavio Ianni relaciona a rápida evolução da sociedade com o que era dito nas teorias dos séculos XVIII e XIX e defendida por sociólogos.
4ª- Visões do Mundo.
5ª- Herança Social.
Explicação de cada ideia:

1ª- Essa ideia, fala do compromisso que a sociologia tem com o mundo moderno, onde surgiu e sedesenvolveu com ele, para compreender, explicar e controlar o que o capitalismo pode fazer em uma sociedade, mexendo com a física e o mental de uma humanidade, mudando o velho para o novo, mesmo diante das crises sociais, sempre se renovando e trazendo novas discussões para os sociólogos, que estão sempre dispostos a ajudar a “combater as sombras que distinguem e confundem comunidade e sociedade.”
E omais importante, que é o que dois sociólogos (Weber e Marx) falam, “que não é apenas conhecer a sociedade moderna, Burguesa e capitalista. Querem explicar como ela se forma e transforma de onde vem e para onde vai.”
Partindo deste princípio, podemos concluir que, a sociologia nos tempos modernos se molda de acordo com o desenvolvimento do capital.

2ª - Após a leitura de todo o texto, a parteque mais me chamou atenção foi à página 10 na qual são descritas as correntes da sociologia sendo a primeira da massa, a segunda do povo, e a terceira de classe social. A segunda corrente me despertou o sentimento de que a democracia se encaixa perfeitamente na ideia de que o poder político, exercido pela maioria, pode ser considerado tirano por se tratar do poder do povo. Como a maioria decide,algumas pessoas são obrigadas a aceitar o que não querem por força da maioria.
Porém, das três ideias, a que mais me chamou atenção foi à primeira (a ideia de massa) que diz que “a massa é naturalmente composta de trabalhadores assalariados” e esta “é uma coletividade forte, impressionante, mas que depende de instituições, regras, objetivos, e meios para organizar-se”. “Caso contrário transbordados limites do razoável, da conveniência, da ordem”.

3ª - Um ponto destacado por Ianni é que, atualmente, devido aos avanços da tecnologia e da medicina, o homem “moderno” está cada vez mais materializado e cada vez menos metafísico, ou seja, suas ações estão cada vez mais pautadas na razão e cada vez menos na tradição. O homem se torna cada vez mais dono de si. E na ânsia de viver em busca doprogresso contínuo, acaba mergulhando num abismo angustiante e sem fim. Um abismo chamado “realidade”. Para definir esta característica, Ianni cita Baudelaire: “o indivíduo da cidade está solto e perdido no meio da multidão”.
E dentro desse contexto, surge a figura de Charles Chaplin, um triste e solitário herói da Modernidade, eternizado pela indústria Cinematográfica.
4ª - A ideia que me...
tracking img