Sociologia e filosofia

1º Ano – Resposta Sugeridas

SOCIOLOGIA - Capítulo 3: O apito da fábrica
Monitorando a aprendizagem
1. O suicídio pode parecer uma decisão individual e não generalizável. No entanto, há
outro modo de analisa-lo: se observarmos os dados estatísticos sobre as causas de
morte em qualquer sociedade, entre elas encontraremos doenças, acidentes,
homicídios e também suicídios. Por meio dessesdados podemos perceber que cada
uma dessas causas incide sobre a totalidade população. Essas taxas podem se manter
inalteradas por muito tempo ou, em determinados contextos, aumentar ou diminuir.
Por exemplo, em um contexto de crise econômica, alguns indivíduos se angustiam e
acabam se suicidando por se verem desempregados. Isso indica que o suicídio é um
fato social relacionado a outro fatosocial, e por essa razão é um fenômeno de
interesse do sociólogo.

2. Em sociedades simples, a coesão social é caracterizada pela solidariedade mecânica:
os indivíduos se identificam pela família, pela religião, pela tradição e pelos cost umes,
e são relativamente autônomos do ponto de vista da divisão social do trabalho, que
não é muito especializada. Nesse tipo de solidariedade, a consciênciacoletiva exerce
todo o seu poder de coerção sobre os indivíduos. Em sociedades complexas, a coesão
social é caracterizada pela solidariedade orgânica: a divisão social do trabalho provoca
acentuada interdependência dos indivíduos, mas ao mesmo tempo a consciência
coletiva se torna mais frouxa, garantindo uma margem maior de autonomia pessoal.

3. Resposta pessoal. Reflita - O que podeacontecer com a sociedade se a educação
escolar não transcorrer satisfatoriamente?

4.
a) É uma divisão muito simples e com pequeno grau de especialização. Os homens são
encarregados de preparar o terreno, abrir a cova e enterrar a maniva; arrancar a raiz
madura e levá-la para aldeia; ralar a mandioca; espremer a massa no tipiti e torrá -la no
forno a lenha. As mulheres são encarregadas decobrir as covas com terra quando a
maniva é plantada; descascar e lavar a raiz depois da colheita.

b) Solidariedade mecânica, em função da baixa especialização da divisão social do
trabalho.

Assimilando conceitos
1.
a) Ao fundo, vê-se uma fábrica. Na frente, formando uma pirâmide, veem-se vários
rostos representando pessoas de diferentes gêneros e etnias.
b) A tela é a representação de umasociedade industrial. A fábrica especializa seus
trabalhadores em tarefas na linha de produção. Por mais diferenciados que eles sejam
no trabalho, no gênero ou na etnia, estão fortemente vinculados uns aos outros por
meio do que Durkheim chamou de solidariedade orgânica - a divisão social do trabalho
que diferencia e ao mesmo tempo promove a interdependência dos indivíduos.
Observação: essequadro foi produzido num momento em que o Brasil passava por
intenso processo de industrialização. Ele indica a sensibilidade da artista pa ra as
profundas transformações pelas quais a sociedade brasileira passava naquele
momento.

2. Sim. O fato social tem como princípios básicos a externalidade (não é subjetivo), a
generalidade (afeta a coletividade) e a coercitividade (os indivíduos,querendo ou não,
participam ou sofrem as consequências do fenômeno). A imagem não mostra um
acontecimento subjetivo ou isolado que atinge a um único membro da sociedade. A
miséria (decorrente do desemprego) e a assistência social são fenômenos que
apontam para as desigualdades dentro de uma sociedade – de um lado estão os
afortunados e de outro, os desafortunados. Toda a coletividade estáenvolvida no
problema retratado.

Olhares sobre a sociedade
1. As regras são formalizadas por escrito - são regulamentos que organizam o convivio
social. O costume é um acordo informal e verbal que passa de geração a geração,
podendo ou não sofrer alterações. Exemplos retirados das sociedades ocidentais: são
regras as Constituições, os códigos e muitas outras regulamentações (até mesmo os...
tracking img