Sociologia e ens. medio

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 13 (3210 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de abril de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
SOCIOLOGIA E ENSINO MÉDIO: REFLEXÕES À CERCA DO EXERCÍCIO DA DOCÊNCIA

André Hernandes Gorini Universidade Estadual de Londrina. CONTATO: andrehg7@hotmail.com

RESUMO: Visando efetuar reflexões à cerca do exercício da docência de sociologia são exalados os seguintes autores e pontos; Jinkings que abre a discussão com problemáticas sobre o ensino; a historia da sociologia por foco curricularsegundo Silva; a importância da sociologia e o exercício da docência a partir de considerações de Pereira e Sarandy; exercício da docência e artífices por Piconez, Pimenta e Lima acompanhados por contribuições da OCEM, Pimenta e Lima também colaboram para reflexões sobre o estágio supervisionado juntamente a Kulcsar. Palavras Chave: Sociologia, Docência, Ensino Médio.

INTRODUÇÃO

Algumasproblemáticas da realidade da docência de sociologia no Brasil, onde seu lócus estaria na herança da ausência de trabalhar o ensino de sociologia nas escolas, nos é recordada por Jinkings (2007). Juntamente a tal ausência, a autora destaca o desconhecimento por parte da comunidade escolar, sobre a finalidade e sentido da existência da sociologia na grade curricular, gerando sua desvalorização e criandoobstáculos para o surgimento de espaços para a reflexão sociológica. Jinkings (2007) reflete sobre a junção de tais obstáculos à professores sobrecarregados de trabalho e que, até pouco tempo, não era necessariamente obrigatória a formação destes na área de ciências sociais para o exercício da docência, o que acabaria por gerar, segundo a autora, experiências pedagógicas descontextualizadas efragmentadas, que não se permitiriam uma compreensão totalizante do mundo social contemporâneo.

1

Utilizando textos da grande imprensa, vários destes professores convertem as aulas de sociologia em discussão de atualidades, tratando superficialmente acontecimentos em destaque na conjuntura nacional e/ou mundial, sem uma superação das explicações do senso comum. (JINKINGS, 2007, pp.126-127)Devido a tais problemáticas pretendemos desenvolver aqui reflexões à cerca do exercício de docência de sociologia no universo escolar do ensino médio. Jinkings (2007) nos ajuda a compreender o motivo inicial do surgimento da sociologia em escolas médias no século XIX enquanto Silva nos explicita considerações sob uma análise da seqüência de currículos utilizados no Brasil. Utilizamos de Pereira eSarandy para reflexões quanto ao questionamento, ao por que da existência obrigatória da sociologia hoje, qual seria sua importância para a formação educacional? Piconez nos alerta para problemáticas no exercício da docência, o cuidado para que este seja vinculado à realidade do aluno visando maior compreensão e para tal execução, Pimenta e Lima nos recordam sobre o professor reflexivo e/oupesquisador. As OCEM também trazem à formulação teórica da prática de ensino sugestões plausíveis sobre a utilização de artífices para a dinamização do processo de aprendizagem. O estagio supervisionado como importante colaborador para a formação profissional do futuro docente mais preparado para lidar com a realidade do ensino, é refletida por Kulcsar, Pimenta e Lima.

SOCIOLOGIA SOB UMA ÓTICACURRICULAR

Inicialmente podemos nos questionar qual teria sido o motivo, o qual foi responsável pela inserção da sociologia no ensino de nível médio pela primeira vez no Brasil, no final do século XIX, quanto a isso Jinkings colabora com suas considerações de forma a esclarecer tal questão.

2

Em

“Ensino

de

sociologia:

Particularidades

e

desafios

contemporâneos” NiseJinkings nos explicita o motivo da inserção da sociologia na educação no período do final do século XIX no Brasil.
Foi visando contribuir para o desmonte das idéias que davam sustentação à ordem patrimonialista e escravocrata, que a sociologia chegou aos cursos voltados à formação de educadores do ensino básico, no final do século XIX, sob a influência das idéias positivistas de Augute Comte. Naquele...
tracking img