Sociologia - max weber, émile durkheim, karl marx

Sociologia - Max Weber, Émile Durkheim,

01. Qual o papel do cientista social, segundo Émile Durkheim? Partindo da perspectiva historicista, quais seriam as principais limitações desse modelo positivista durkheimiano?
Resposta: Fortemente influenciado pelo positivismo de August Comte, Émile Durkheim entende que o lugar do sociólogo é fazer ciência de fato, isto é, experimentando,classificando, medindo e explicando os fenômenos sociais se valendo das modernas ciências da natureza. Essa perspectiva teria alguns problemas para lidar com contextos particulares, onde a lógica positivista falharia ao tentar explicar a totalidade das motivações que levaram o indivíduo à praticar o ato.

02. O que é o método compreensivo? Explique e comente.
Resposta: Em contraposição ao positivismodurkheimiano, Weber busca elementos na realidade histórica, social e política. Longe de chegar a uma explicação única e definitiva, Weber se lança no devir histórico e a partir dele buscar compreender as possíveis bases da ação social.

03. Qual a diferença para Weber, entre ação e relação social?
Resposta: Para Weber, a ação social é um ponto chave do indivíduo. A ação social só atribui quando oindivíduo atribui sua conduta um significado ou um sentido próprio; Já a relação social estabelece um sentido que necessita ser compartilhado, pois o que se busca nesse caso é estabelecer um contato mais prolongado e duradouro.

04. Ao definir a ação capitalista como “aquela que se baseia na expectativa de lucro através da utilização das oportunidades de lucro, isto é, nas possibilidades pacíficasde lucro”, como Weber aplica seu conceito de ação social?
Resposta: Max Weber explica e aplica seu conceito de ação social baseando no seguinte: distinção pode ser estabelecida, tornando-se a ação social efetiva dotada de sentido com um meio para alcançar um fim, justamente aquele subjetivamente visando pelo agente a salientar que a ação social não é um ato isolado, mas um processo, no qual sepercorre uma sequência definida de elos significativos (admitindo-se que não haja interferência alguma de elementos não pertinentes á ação em tela, o que jamais ocorre na experiência empírica e só é pensável em termos típico, ideia, basta pensar em qualquer ação social).

05. De que maneira o protestantismo gera condutas adequadas ao capitalismo?
Resposta: Na medida que o protestantismo possuivalores éticos- como a disciplina ascética, a poupança, a austeridade, a vocação, o dever a propensão ao trabalho, muito, atuou decisivamente, sobre os indivíduos. Os filhos eram criados no sentido de optarem por atividades mais adequadas à obtenção do lucro, preferindo o cálculo e os estudos técnicos. Houve a formação de uma nova mentalidade propícia ao capitalismo.

06. Que diferenças Weberestabelece entre as atitudes e as visões de mundo de católicos e protestantes?
Resposta: Segundo Weber, os protestantes trabalham com alegria e contentamento, pois sabem que através dele o criador o premiará pelas obras; já os católicos possuem um visão negativista do trabalho, vendo-o como uma forma de punição, e dessa maneira, desvalorizando todo o esforço de produção. Assim, são apresentadasvisões opostas em relação ao capital.

07. Como você pode caracterizar o método adotado por Max Weber? Comente.
Resposta:
O Max Weber tem como característica a busca pela diversidade, e para tanto fundamenta sua análise sociológica na
compreensão e interpretação dos fenômenos sociais. A hermenêutica histórica entra como chave interpretativa da sociedade,
sendo uma sociologia busca sobretudocompreender os fenômenos sociais.

08. O que é a ação social? Explique esse conceito exemplificando-o.
Resposta:
Segundo Weber, a ação social é uma ação dotada de sentido. Quem atribui esse sentido é o agente, motivado por fatores
afetivos, racionais e históricos.

09. O que é o tipo ideal? Explique esse conceito exemplificando-o.
Resposta:
O tipo ideal é um conceito abstrato comporto pelo...
tracking img