Sociologia karl marx e friedrich engels

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 7 (1592 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 15 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
MATERIALISMO HISTÓRICO
Na teoria marxista, o materialismo histórico pretende a explicação da história das sociedades humanas, em todas as épocas, através dos fatos materiais, essencialmente econômicos e técnicos. A sociedade é comparada a um edifício no qual as fundações, a infraestrutura, seriam representadas pelas forças econômicas, enquanto o edifício em si, a superestrutura, representariaas ideias, costumes, instituições (políticas, religiosas, jurídicas, etc.). Este método de abordagem da vida social foi denominado posteriormente de materialismo histórico. De acordo com tal concepção, as relações materiais que os homens estabelecem e o modo como produzem seus meios de vida formam a base de todas as suas relações.

MATERIALISMO DIALÉTICO
O materialismo dialético é a teoriageral do Partido marxista-leninista. O materialismo dialético é assim chamado, porque a sua maneira de considerar os fenômenos da natureza, o seu método de investigação e de conhecimento, é dialético.
A sua interpretação, a sua concepção dos fenômenos da natureza e a sua teoria, é materialista.

MAIS-VALIA
A mais-valia é o lucro líquido que sobra depois de descontados todas as despesas. Porexemplo: Uma mesa é vendida pelo dono da fábrica por 150 reais. Um operário gasta 10 horas para fazer a mesa. Recebe, pelas 10 horas, 30 reais. A madeira para a mesa custa 20 reais. Os impostos, mais 15 reais. Mais uns 20 de outras despesas. O dono da fábrica vende por 150. Esses 50 reais são mais-valia, o lucro líquido que o capitalista tem, desconta toda a despesa. O exemplo talvez não seja muitoexato, mas é essa mais-valia que é a peça-chave do capitalismo.
Se você for conferir, vai ver que toda riqueza, isto é, o valor da mesa, é fruto do trabalho do ser humano. Se não fosse o trabalho humano, não haveria nada, talvez uma árvore perdida no mato, mas nem conhecida do homem, pois para ser descoberta, precisaria já trabalho. Por isso diz que mais-valia é sempre resultante da apropriação doexcedente do trabalho do trabalhador. Já se disseram em outra parte que cálculos feitos para São Paulo mostraram que a cada 8 horas que um trabalhador trabalha, ele fica só com o lucro de 3 horas; as outras 5 horas vão para o capitalista, impostos etc. A mão-de-obra brasileira é, em geral dez vezes mais barata que a americana e 7 vezes mais barata que a europeia.
É o grau de exploração e deapropriação de mais-valia, pois, que difere entre os vários tipos de capitalismo. O estado pode também retirar parte do trabalho para aplicar em obras sociais. Esse trabalho retorna, depois, como benefício para o trabalhador.
ALIENAÇÃO
Para Marx, tem um sentido negativo (em Hegel, é algo positivo) em que o trabalho, ao invés de realizar o homem, o escraviza; ao invés de humanizá-lo, o desumaniza. Ohomem troca o verbo SER pelo TER: sua vida passa a medir-se pelo que ele possui, não pelo que ele é. Dito de outra maneira, o trabalhador e suas propriedades humanas só existem para o capital. Se ele não tem trabalho, não tem salário, não tem existência.

IDEOLOGIA
A ideologia não significa mais o estudo das ideais. Passou a significar coisa bem diferente e ter uma figura negativa e pejorativa.Acontece que alguns ainda usam a palavra “ideologia” para significar o conjunto de ideias, valores e maneira de pensar de pessoas e grupos, isto é, no seu sentido positivo.
Então é preciso distinguir bem. Ideologia pode significar:
• O estudo das ideias (sentido etimológico).
• Conjunto de ideias, valores, maneira de sentir e pensar de pessoas e grupos (sentido positivo).
• Ideias erradas,incompletas, distorcidas, falsas sobre fatos e a realidade (sentido crítico, ou negativo).
Para entender isso, é preciso ver como nós ficamos sabendo das coisas e quem é que nos diz as coisas. É preciso ver se aqueles que nos dizem as coisas, não nos dizem apenas metade das coisas, ou só um jeito de ver as coisas.
Na medida em que nós vamos incorporando e aceitando o que os outros pensam e acham...
tracking img