Sociologia do crime

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 15 (3710 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 14 de janeiro de 2013
Ler documento completo
Amostra do texto
UNIVERSIDADE POTIGUAR - UnP
CURSO DE GRADUAÇÃO EM DIREITO
DISCIPLINA DE SOCIOLOGIA JURIDICA
DOCENTE: EDUARDO MEDEIROS















ANÁLISE DO LIVRO SOCIOLOGIA DO CRIME DE PHILLIPPE ROBERT, COM ÊNFASE NAS RELACÕES SOCIAIS E NOS OBJETOS DE ESTUDO DO CRIME.



Dayriane Cristina Felix Rios

Gabriela Carla de O. Brandão

Priscila Lucena V. Barroso

Mayara Nunes

2NANatal-RN
2008


DAYRIANE CRISTINA FELIX RIOS

GABRIELA CARLA DE O. BRANDÃO

PRISCILA LUCENA V. BARROSO

MAYARA NUNES











ANÁLISE DO LIVRO SOCIOLOGIA DO CRIME DE PHILLIPPE ROBERT, COM ÊNFASE NAS RELACÕES SOCIAIS E NOS OBJETOS DE ESTUDO DO CRIME.





Análise a cerca do livro Sociologia do Crime de Phillipe Robertapresentado ao Docente Eduardo Medeiros no curso de Graduação em Direito da Universidade Potiguar, como requisito para obtenção da nota na etapa 1 da unidade 2.












Natal-RN
2008


SUMÁRIO

1. INTRODUÇÃO.............................................................................................................04
2. INTERACIONISMO E ROTULAGEMSOCIAL...............................................................05
2.1 TEORIAS DA ROTULAGEM...............................................................................08
3. TEORIAS DO CONFLITO......................................................................................12
3.1 TEORIAS DO CONFLITO CULTURAL (Taft Sellin, White eCohen).......................................................................................................................13
3.2 TEORIAS DO CONFLITO SOCIAL................................................................14
4. CONSIDERAÇÕES FINAIS.....................................................................................16



5.REFERÊNCIAS..................................................................................................................17















1. INTRODUÇÃO

O presente trabalho tem por objetivo analisar o Livro de Phillipe Robert Sociologia do Crime sob a ótica de sua real aplicação no âmbito das sociedades, tendo em vista tratar-se de um ordenamento ou da desordem das relações sociais, permitindo nos esclarecermos sobre as políticas de segurança tanto do inicio do século, como nos diasatuais. Mais especificamente iremos tratar dos Direitos sociais e da rotulação que certos grupos sociais sofrem, sob conseqüência da geração de vários conflitos.
A sociologia do Crime deve explicar três aspectos, um deles é a transgressão a qual iremos tratar mais a fundo, mais especificamente a interação da sociedade com o crime (interacionismo) e a Rotulagem Social. O processo que podeconduzir a punição de certas transgressões e de certos crimes sempre fizeram e se fazem presentes na sociedade, pois à medida que a mesma evolui, surge nos homens a necessidade de proteção, bem como, de buscar interminavelmente o que é justo, ou seja, as situações justas, morais e éticas. São ainda direitos derivados da experiência humana, dentro de um contexto político, econômico e social.Diante dessa problemática o presente trabalho analisará parte dos objetos de estudos próprios desse campo questionando tanto a atualidade como a origem histórica e sociológica dos atuais comportamentos e a violação através da ilegalidade, imoralidade, desrespeito ao princípio maior que é a justiça social.
Nesse sentido, o presente trabalho discorre sobre a evolução histórica dos crime e emseguida aborda os temas atuais da sociedade e seus conflitos.




2. INTERACIONISMO E ROTULAGEM SOCIAL



As teorias interacionistas do desvio se inspiram nas análises psico-sociais de Mead, desenvolvidas a partir dos anos 20 pelo departamento de sociologia da Universidade de Chicago. Essas análises privilegiam o processo através do qual os comportamentos de alguns indivíduos...
tracking img