Sociologia cultura

Disponível somente no TrabalhosFeitos
  • Páginas : 5 (1199 palavras )
  • Download(s) : 0
  • Publicado : 21 de maio de 2012
Ler documento completo
Amostra do texto
Com o intuito de compreender e refletir mais profundamente sobre a relação cultural do homem, o livro “Cultura, um conceito antropológico” busca esclarecimentos sobre a seguinte inquietação: o homem é o produtor de sua cultura ou é o resultado dela? 
Nessa perspectiva, Roque de Barros Laraia, o autor do referido material, percorre uma trajetória cronológica do desenvolvimento do conceito decultura, explorando a discussão com filósofos, antropólogos e outros cientistas da natureza humana, visando demonstrar como esta influencia o comportamento social e diversifica enormemente a humanidade, apesar de sua comprovada unidade biológica. 
Para tanto, divide sua obra em duas partes: na primeira, remonta o próprio desenvolvimento teórico da antropologia e, na segunda, trata de maneira maisprática a relação da cultura na vida do homem. Com o intuito esclarecer o leitor acerca deste movimento, o texto percorre experiências e relatos que tentam explicar as variantes responsáveis pelas diferenças de comportamento entre os homens; dentre elas, destacam-se hipóteses de determinismo geográfico e biológico, que acabam sendo desestabilizadas pela conclusão de que é possível e comum existir umagrande diversidade cultural localizada em um mesmo tipo de ambiente físico e entre pessoas do mesmo sexo. Ainda perseverando pela resposta da pergunta “o que é cultura?”, o autor visita, de forma bastante simplificada, o percurso das centenas de definições formuladas e esclarece que o universo conceitual atingiu uma dimensão tão grande ao longo do tempo que somente com uma contração dosdiferentes conceitos foi possível à antropologia reconstruir suas investigações acerca do tema.
Reconhecida a complexidade da questão, o estudo pelo assunto ganhou nova concepção e elementos como: “escala de civilização”, “eventos históricos” e a própria “evolução cerebral do homem”, garantiram à ciência um olhar mais ampliado e processual da cultura. Desta forma, a convenção de regras e a capacidade degerar símbolos foram vistas como marcos da iniciação cultural da humanidade; agora com uma aproximação da idéia de que a cultura desenvolveu-se simultaneamente com o próprio equipamento biológico do homem. Contudo, na perspectiva da antropologia moderna, as discussões ainda não terminaram, pois a compreensão exata do conceito de cultura significa a própria compreensão da natureza humana.
Naabordagem de sua segunda parte, o livro exemplifica situações onde a cultura interfere no plano biológico dos indivíduos (acreditar que leite com manga fazem mal, por exemplo) e mostra também como os indivíduos participam diferentemente de sua cultura. Na visão de que toda cultura tem uma lógica, Roque de Barros Laraia chama a atenção para o fato de que cada sociedade ordena, a seu modo, o mundo que acircunscreve e que essa ordenação dá um sentido cultural à aparente confusão das coisas naturais. Nessa perspectiva, atribui também ao raciocínio humano a possibilidade de tornar a cultura dinâmica; em constante processo de mudança. É pela capacidade de questionar os próprios hábitos que o homem torna-se capaz de modificar a si próprio e a maneira de se relacionar com a vida.
A cultura interferena satisfação das necessidades fisiológicas básicas, podendo até influenciar na decisão dos membros sobre a vida e a morte. É possível que numa dada situação de crise, os integrantes de uma cultura abandonem as crenças de valores comuns a sua sociedade, implicando na perda de motivação que os mantém vivos e unidos. É o caso dos africanos, que de maneira súbita e agressiva, eram retirados etransportados como escravos para outras culturas, tendo contato com línguas e pessoas diferentes perdiam a motivação de continuar vivos, onde a saudade de sua terra natal atormentava-os, chegando a ser insuportável essa dor que cometiam suicídios. Outro exemplo seria o de índios que se acharam imponentes diante do poder da sociedade européia e chegaram ao ponto de perder a crença em sua própria...
tracking img